Arnaldo Jardim elogia aprovação de LDO sem emendas impositivas de relator

O deputado federal Arnaldo Jardim (Cidadania-SP) disse nesta terça-feira (12) que o Orçamento Geral da União (OGU) precisa ser equilibrado e servir de impulsionador do desenvolvimento do país.

A fala foi feita minutos após o Congresso Nacional aprovar a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que determina as metas e prioridades para os gastos públicos federais de 2023. É uma espécie de balizadora do OGU para o próximo exercício.

Jardim comemorou a retirada do polêmico item que tornava obrigatória a execução dos recursos.

“A LDO que queremos é a de diretrizes para um orçamento equilibrado no ano que vem, ou seja, de compromisso com o ajuste fiscal e um orçamento que induza às políticas públicas de desenvolvimento para que seja impulsionador do crescimento do país”, disse o parlamentar.

Durante a votação, Jardim também orientou à bancada o voto sim a dispositivo que garantia a manutenção de recursos públicos para o Fundo Nacional de Desenvolvimento de Ciência e Tecnologia.

“Não podemos abrir mão dessa premissa”, complementou.

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment