Eliziane Gama propõe capítulo sobre mulheres no relatório da CPI da Pandemia

Na reta final das investigações, a senadora fala sobre os próximos depoimentos e explica o documento da participação feminina nas sessões da comissão (Foto: Reprodução/GloboNews)

Representante da bancada feminina na CPI da Pandemia, a senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) disse nesta quarta-feira (13) ao jornal Em Ponto, da GloboNews (veja aqui), que será apresentado um capítulo sobre a participação das mulheres no relatório final da comissão, que deve ser conhecido na próxima terça-feira (19) e votado no dia seguinte. A composição inicial da CPI não previa a participação de nenhuma senadora.

“Vamos dar um contribuição importante para a CPI que é designação de um relatório para contribuição das mulheres. Nós temos um problema sério, as mulheres no Brasil formam mais contaminadas pelo vírus, [embora a taxa de letalidade dos homens tenha sido maior]. Estamos fazendo um recorte sobre isso, inclusive de mães que deixaram filhos, fazendo uma avaliação das políticas do SUS em orientação a esse relatório. E também a contribuição que as mulheres deram dentro da CPI: a minha, [das senadoras] Simone Tebet, Leila Barros, Soraya Tronicke, Zenaide Maia. Todas nós encaminharemos um capítulo ao relator [da CPI, senador Renan Calheiros (MDB-AL] da contribuição das mulheres [na comissão]”, disse sobre relatório especial sobre a participação feminina nas sessões.

A senadora também falou sobre o cancelamento do depoimento do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, à CPI e da convocação em seu lugar do médico Carlos Carvalho, responsável por coordenar um estudo com parecer contrário ao uso dos remédios do chamado ‘kit Covid’ no combate ao coronavírus. O depoimento de Carvalho está marcado para segunda-feira (18).

Segundo a senadora, no mesmo dia a CPI vai realizar ‘uma espécie de audiência pública’ com entidades representativas de vítimas da Covid-19, cujos nomes ainda serão definidos, para ouvir sugestões e contribuições à comissão.

“Essas entidades vem fazendo um trabalho muito intenso de acompanhamento das vítimas da Covid, inclusive com sugestões de projetos de lei”, disse Eliziane Gama, ao citar projeto (PL 3234/2021) de sua autoria, do Fundo de Apoio aos órfãos da Covid-19.

A matéria garante auxílio financeiro emergencial aos menores de 18 anos que tiveram um dos pais falecido em decorrência da pandemia e cuja família remanescente não tem condições de prover o sustento.

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment