Cristovam Buarque: Não assustemos ao mundo

Um candidato a favor da ditadura, da tortura, praticante da corrupção, da manipulação de mentiras, desprezo aos pobres e doentes

O Brasil assusta ao mundo que não entende as razões para um dos maiores exportadores de alimentos ter uma imensa população de famintos. Agora, assusta com o fato de que uma das democracias com maior número de eleitores chega na véspera das eleições para Presidência da República com um candidato a favor da ditadura, da tortura, praticante da corrupção, da manipulação de mentiras, desprezo aos pobres e doentes, perseguidor de meninas que ele considera prostitutas pelo simples fato de serem imigrantes venezuelanas, e no lugar de tomar medidas para protegê-las, tenta tirar proveito da tragédia.

O mundo se assustou quando, apesar de tudo que ele representava e toda sua desqualificação, Bolsonaro se elegeu presidente; se assustou durante seu mandato pelos gestos negacionistas que mataram centenas de milhares de pessoas por covid, queimaram milhares de hectares de florestas, sujou rios, ameaçou indígenas, disse que poderia não respeitar o resultado das eleições, isolou o país do resto do mundo. Agora, o mundo se assusta ao saber que apesar de todos seus erros, seu despreparo e irresponsabilidade, ele chega ao final do segundo turno com pequena diferença em relação ao Lula, que é o presidente brasileiro mais respeitado no exterior, por sua responsabilidade fiscal, seus programas sociais e sua presença internacional.

Felizmente, ainda há tempo para não assustarmos outra vez ao mundo, desta vez aliviando o mundo com a eleição de Lula; e Lula desassustar ao mundo, tirando outra vez o Brasil do mapa da fome. Temos esta possibilidade e esta obrigação diante do mundo. (Blog do Noblat)

Cristovam Buarque foi senador, ministro e governador

Leia também

Troca de comando da Petrobras sinaliza novo rumo econômico

NAS ENTRELINHASA mudança deve reacender o debate sobre a...

O tempo e o vento, a saga gaúcha continua

NAS ENTRELINHASO mais importante, em meio à catástrofe física,...

Lula socorre os gaúchos em meio às incertezas fiscais

NAS ENTRELINHASA prioridade é ajudar os gaúchos e criar...

A cosmovisão da floresta e o fim do mundo

NAS ENTRELINHASUma árvore derrubada na Amazônia, como num efeito...

Caso Marielle nas mãos de Moraes pode ter efeito dominó

NAS ENTRELINHASTestemunhas e triangulação de sinais de celular, entre...

Informativo

Receba as notícias do Cidadania no seu celular!