Alessandro Vieira: Contra a fome, a volta da inflação e o desemprego, é preciso tirar Bolsonaro da Presidência

Senador confirmou presença na manifestação pelo impeachment do presidente no próximo domingo (12/09) na Avenida Paulista, em São Paulo (Foto: Pedro França/Agência Senado)

O líder do Cidadania no Senado, Alessandro Vieira (SE), disse na rede social, nesta quinta-feira (09), que o ‘primeiro passo’ para o Brasil superar a volta da inflação, a fome e o desemprego é o impeachment do presidente Jair Bolsonaro, reforçado por suas falas golpistas nos atos em 7 de Setembro, com ataques a ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) e ao sistema eleitoral.

“O Brasil real, que sofre com a volta da inflação e a gasolina cara, que chora com a volta da fome e do desemprego, precisa urgentemente de soluções para tantos problemas. O primeiro passo é tirar da presidência esse estelionato eleitoral chamado Bolsonaro. #DomingoForaBolsonaro”, escreveu o parlamentar na rede social, em conclamação ao ato de mobilizaçãodo próximo domingo (12), em São Paulo, pela abertura de processo de impeachment contra o presidente da República.

Alessandro Vieira confirmou presença na manifestação na Avenida Paulista convocada pelos movimentos Acredito, MBL, Acredito e Vem Pra Rua, com adesão do PT, PDT, PSB, PSol, PCdoB, PV, Solidariedade, Rede e Cidadania.

“O País não pode ficar preso no cercadinho mental de Bolsonaro. Precisamos avançar muito e em várias frentes simultâneas, enfrentando pontualmente cada ameaça, denunciando com todas as forças os crimes cometidos e apresentando soluções concretas para os problemas do Brasil real”, apontou o parlamentar.

A maioria dos partidos que aderiram ao protesto é signitária do chamado “superpedido” de impeachment de Bolsonaro, protocolado na Câmara dos Deputados em junho.

“Bolsonaro é um criminoso golpista, que manipula a massa para esconder rachadinhas, centrão, mansões suspeitas e a incompetência que jogou o Brasil em uma crise sanitária, econômica e social gigante. O impeachment é seu destino”, afirma Alessandro Vieira.

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment