Relatora da Comissão Externa da Covid-19 defende mais transparência em distribuição de vacinas

A pedido de Zanotto, debate contou com participação do Ministério da Saúde e representantes de secretários de saúde

Em audiência da Comissão Externa de Enfrentamento à Covid-19, a deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC), relatora do colegiado, defendeu, na abertura do debate, mais transparência na distribuição de doses de vacinas para todas as unidades da Federação.

O assunto tem sido alvo de judicialização do governo de São Paulo e de reclamação de parte de alguns estados, em especial do Nordeste.

O debate foi realizado a pedido de Carmen Zanotto diante da reclamação na mídia do secretário estadual de Saúde de Pernambuco, André Longo.

“É fundamental que esta oitiva dê mais transparência na distribuição das vacinas e tire todas as dúvidas dos estados que pedem que os imunizantes cheguem com celeridade e quantitativos suficientes a todos brasileiros, independentemente da região”, disse Zanotto.

Na audiência, a Rosane Leite Mello, Secretária de Enfrentamento à Covid-19 do Ministério da Saúde, ao reconhecer o problema, justificou que o PNI (Programa Nacional de Imunizações) teve que destinar mais doses para atender os estados com maior quantidade de idosos e de profissionais de saúde, além daqueles que tiveram crise na saúde.

“Mas a partir de agora, precisam os fazer o ajuste na metodologia de distribuição de vacinas para reduzir as equidades e atender a toda a população”, informou.

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment