Meu amigo Albertino

Perdi hoje um querido amigo de muitos anos, José Albertino Branco.

Eu o vi recentemente no lançamento do meu livro sobre Oscar Niemeyer, no Rio de Janeiro. Foi a última vez que estive com ele. Fará falta.

Figura importante durante a luta contra a ditadura militar, Albertino deixará saudades. Homem correto, alegre, dele guardo, desde já, as melhores recordações.

Com Albertino, vai embora também um pouco da história do antigo Partido Comunista Brasileiro.
Descanse em paz, irmão.

Ivan Alves Filho, 20 de dezembro de 2023.

Leia também

Quando outubro vier

Já escrevi isso algumas vezes e repito aqui: a...

Muitos militares não assimilaram a nova doutrina de defesa

A velha doutrina de segurança nacional se encaixava como uma luva na trajetória histórica de combate aos “inimigos internos”, mas entrou em colapso quando os EUA apoiaram o Reino Unido contra a Argentina.

A mutilação do progresso

As greves na educação provocam mais danos que as da indústria.

Preservar as Forças Armadas faz bem à democracia

Se tem uma coisa que sempre perturbou a vida democrática do país é a anarquia nas Forças Armadas, com recorrentes indisciplina e quebra de hierarquia nas crises políticas.

Viradouro mostra a força da origem ancestral

O enredo da Viradouro vai além da interpretação de carnavais, malandros e heróis, clássico de Roberto DaMatta, que mergulha no dilema do Brasil de grandes desigualdades.

Informativo

Receba as notícias do Cidadania no seu celular!