Arnaldo Jardim comemora decisão que aumenta o biodiesel na mistura do diesel de 12% para 14% a partir de março

O Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) irá formalizar nesta terça-feira (19) o aumento da participação do biodiesel na mistura do diesel comercializado nas bombas dos atuais 12% para 14%. A medida será adotada a partir de março de 2024. O deputado Arnaldo Jardim (Cidadania-SP) considera a decisão um avanço, uma vez que em março deste ano, o CNPE aprovou a elevação da mistura de diesel no biodiesel de 10% para 12%, o que passou a valer logo a partir de 1º de abril e também havia definido que, em 2024, o percentual subiria para 13% e em 2025, atingiria 14%.

Na Câmara dos Deputados Arnaldo Jardim é um dos maiores defensores dos biocombustíveis. Ele entende que a medida vai compatibilizar estratégias para acelerar o processo de descarbonização da matriz de transporte, dentro do plano de transição energética, e promoverá a inclusão social, com geração de emprego e renda.

“O Brasil importa hoje uma grande quantidade de diesel que consome. Nós podemos aumentar porque há uma capacidade ociosa do nosso parque de produção do biodiesel. Ganha o produtor rural, ganha o consumidor e ganha o meio ambiente. Correta a decisão. 14% agora e eu, como relator do projeto de lei do combustível do futuro (PL 4516/2023), vou sacramentar isso também, no parecer, para que o Brasil possa avançar cada vez mais no caminho dos biocombustíveis, da energia renovável”, explicou Arnaldo Jardim.

Leia também

Cristovam e seu mundão de sabedoria

O futuro de um país tem a cara da...

Nota de Pesar: Jorge Rocha

É com muita tristeza que comunicamos o falecimento do...

Urbano Santos/MA realizará encontro municipal da juventude do Cidadania23

A juventude do Cidadania realizará no município de Urbano...

PL de Alex Manente institui o Dia Nacional da Advocacia Previdenciarista

O deputado federal Alex Manente (Cidadania-SP) apresentou nesta terça-feira...

Informativo

Receba as notícias do Cidadania no seu celular!