Eliziane Gama diz que ‘pairam dúvidas’ sobre ‘negócios e suspeitas de ilícitos’ no MEC

‘Não só apoiamos a CPI do MEC como lutaremos para que ela seja instalada’, afirma a senadora (Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)

A senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) defendeu na rede social a instalação de CPI  (Comissão parlamentar de inquérito) no Senado para apurar as denúncias de tráfico de influência no MEC (Ministério da Educação).

“Há um fato determinado e pairam dezenas de dúvidas sobre negócios e possíveis esquemas ilícitos na condução do MEC. O papel do Congresso Nacional é também fiscalizar as ações do Executivo, por isso não só apoiamos a CPI do MEC como [assinamos o requerimento e] lutaremos para que ela seja instalada”, escreveu a parlamentar no Twitter.

O foco da CPI são as acusações tratam de suspeitas de que o ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, beneficiava indevidamente a destinação de verbas que eram intermediadas pelos pastores Arilton Moura e Gilmar Santos, que cobrariam propina de prefeitos, conforme relato que prestaram à Comissão de Educação do Senado. 

São necessárias 27 assinaturas para a abertura de investigação sobre o suposto ‘gabinete paralelo’ no MEC.

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment