Tribunal diploma deputado estadual do Cidadania no Amapá

Jack JK (à direita) foi diplomado por decisão do ministro Dias Toffoli — Foto: Reprodução)

O TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Amapá diplomou na última quinta-feira (2) o empresário Jack JK, do Cidadania, no cargo de deputado estadual.

A decisão é do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Dias Toffoli, que atendeu a um pedido de Jack e do Cidadania.

Os votos atribuídos ao partido nas eleições 2018 não tinham sido contabilizados, devido a não aprovação das contas do PPS (Partido Popular Socialista) em 2015, sigla que antecedeu o Cidadania.

Toffoli tomou como base uma decisão anterior do STF, que proíbe a punição automática aos partidos que tiverem as contas reprovadas, só podendo aplicar as sanções quando não houver mais recurso, e validou os votos recebidos pelo PPS no Amapá no último dia de 2019.

Pela nova contagem, Jack JK foi o terceiro candidato mais votado e conquistou a vaga. Com a entrada dele, o deputado Jaci Amanajás (MDB) perde o mandato. O TRE já comunicou a mudança para Assembleia Legislativa do Amapá.

Com a diplomação de Jack, o Cidadania terá dois deputados no estado, pois o partido também elegeu Dr. Furlan nas eleições de 2018. (Com informações do G1-AP)