Senadores reagem à carta de Bolsonaro com ironia e desconfiança

Eliziane Gama diz que a sociedade não confia nas palavras do presidente e Alessandro Vieira ironiza ‘cartinha do Temer que o Bolsonaro assinou’ (Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado)

Os senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Eliziane Gama (Cidadania-MA) reagiram com desconfiança e ironia à carta à Nação divulgada nesta quinta-feira (09) pelo presidente Jair Bolsonaro, após os ataques do chefe do Executivo nos atos antidemocráticos de 7 de setembro contra o STF (Supremo Tribunal Federal) e o sistema eleitoral.

“Li a cartinha do Temer que o Bolsonaro assinou. Será que agora  o Temer passa a governar também? Será que vai redigir cartinha explicando mansões e rachadinhas? Vai vendo Brasil! Quem votou para ‘mudar tudo isso aí’ faz o que? Espera cartinha para baixar o preço da gasolina?”, ironizou Alessandro Vieira à nota, elaborada pelo ex-presidente Michel Temer.

O senador disse ainda que o ‘sistema adora presidentes fraco’ para garantir ‘acesso a cargos, grana e impunidade’.

“Desenhando para inocentes apaixonados: Bolsonaro é só mais uma peça no sistema, preocupado em esconder rachadinhas, mansões e incompetência. E o sistema adora presidentes fracos. Facilita demais o acesso a cargos, grana e impunidade. Basta ler a sequência de notinhas ensaiadas”, disse Alessandro Vieira sobre a ‘declaração’ de Bolsonaro.

No texto intitulado ‘Declaração à Nação’ (veja aqui), o presidente da República afirmou que nunca teve ‘intenção de agredir quaisquer dos poderes’ e justificou que suas palavras ‘por vezes contundentes, decorreram do calor do momento’.

A senadora Eliziane Gama disse que sociedade não confia nas palavras de Bolsonaro, mas destacou como positiva a mudança de tom do presidente.

“A teor da nota de conciliação do presidente com os poderes deveria nortear o seu comportamento desde a posse. Resolveu apostar no ódio e no confronto. A sociedade desconfia de suas palavras, embora falar em paz é sempre melhor do que em guerra”, escreveu senadora na rede social.

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment