Nota à imprensa – É preciso garantir a integridade física da jornalista Juliana Dal Piva

Presidente nacional do Cidadania, Roberto Freire cobra providências da OAB sobre ameaça de Frederick Wassef

Em nota divulgada na noite desta sexta-feira (9), o presidente nacional do Cidadania, Roberto Freire, pediu proteção à integridade física da jornalista Juliana Dal Piva e cobrou da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) uma posição sobre a ameaça dirigida pelo advogado da família Bolsonaro, Frederick Wassef, à colunista do UOL.

Leia abaixo:

Nota à imprensa

O Cidadania se solidariza com a jornalista Juliana Dal Piva, que se notabilizou pela cobertura irrepreensível das transações milicianas que rondam a família Bolsonaro e pede publicamente que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) adote as devidas providências contra o advogado Frederick Wassef no que pode – e deve – ser entendido como uma ameaça de morte. É flagrante que, diante das evidências cada vez mais robustas de roubo de salários nos gabinetes da família e roubo na compra de vacinas, Bolsonaro e seus áulicos avançam na escalada golpista e intimidatória, digna de máfias, milícias e facções criminosas. Querem calar não apenas a imprensa, mas o voto e a democracia. Wassef segue o exemplo do presidente e de outras autoridades, como Augusto Heleno, e escolhe uma mulher como alvo preferencial. Não é por acaso. Que se garanta a integridade física da profissional do UOL. E que se impeça o banditismo de continuar a agir impunemente.

Roberto Freire
Presidente Nacional do Cidadania

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment