Simone reforça o empreendedorismo e afirma que ‘melhor vacina para o Brasil é a reforma tributária’

Em São Vicente (SP), candidata diz ser preciso ter um olhar especial para o empreendedorismo feminino (Foto: Divulgação)

A candidata a presidente da coligação Brasil para Todos (MDB, Cidadania, PSDB e Podemos), Simone Tebet (MDB), visitou nesta segunda-feira (19) à tarde o município de São Vicente, na Baixada Santista, em São Paulo.

A partir da praça Barão do Rio Branco, tradicional núcleo de comércio popular da área central da cidade, Simone realizou mais uma Caminhada da Esperança, ação de aproximação com o eleitor de todas as regiões do país que tem se repetido desde a fase da pré-campanha.

Simone conversou, posou para fotos e vídeos e expôs os principais pontos de seu plano de governo, como empreendedorismo, qualificação profissional, moradia, geração de empregos e erradicação da miséria. Também falou sobre logística e privatizações, haja vista a importância estratégica do terminal portuário de Santos não apenas para a economia regional, mas nacional e internacional.

Empreendedorismo e impostos

“Escolhemos São Vicente por ser a primeira cidade do Brasil e por estar inserida nesse complexo de nove municípios da Baixada Santista. É uma demonstração de que aqui há pujança e riqueza de um lado, e falo de um porto que administra e comercializa um quarto da balança comercial do Brasil. Mas, ao mesmo tempo, precisamos não só exportar, mas importar insumos para que a indústria possa ter matérias-primas mais baratas para gerar emprego e renda e ser competitiva. Ao mesmo tempo, essa riqueza precisa ficar aqui. Sei dos problemas daqui, como falta de moradia e infraestrutura. Para resolver isso é preciso não só igualar o Brasil dentro de suas regionalidades, mas fazer o dever de casa. A vacina econômica se chama reforma tributária, diminuir a carga tributária da indústria para que ela gere emprego e renda, garantindo produtividade. Ao mesmo tempo, ter um olhar especial para o empreendedorismo, particularmente no empreendedorismo feminino”, disse Simone. (Assessoria de imprensa da candidata)