Rádio e Agência Senado são fundamentais para democracia e transparência do Legislativo, diz Eliziane Gama

Para a senadora, além do papel de levar informação aos brasileiros, os veículos de comunicação do Senado democratizam a informação (Foto: Pedro França/Agência Senado)

Ao destacar os 25 anos da Rádio e Agência Senado, a senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) disse em sessão especial da Casa, nesta terça-feira (08), que os veículos cumprem um papel fundamental de informar a população sobre as ações do Legislativo.

“Por meio do rádio, da agência, todos os profissionais conseguem, na verdade, levar para o restante do Brasil as informações e o trabalho feito pelo Senado Federal, pelos senadores. Esses importantes veículos de comunicação legislativa contribuem para  a consolidação da democracia e a transparência de todas as atividades do Senado Federal”, afirmou a parlamentar, que é jornalista e começou a carreira profissional no rádio.

Eliziane Gama disse que o rádio é um veículo de comunicação muito presente na vida das pessoas e que no Maranhão, com 217 municípios, é fonte importante  de informação da população com a defasagem da cobertura digital do estado,  uma das mais baixas do Brasil.

“Às vezes, na nossa caminhada, alguém sempre diz: ‘olha, senadora, eu a ouvi lá na Rádio Senado’. Enfim, a gente sempre ouve isso; ou seja, está lá presente através desse poderosíssimo instrumento de comunicação que é o rádio e também naturalmente a agência, porque acabam os dois, um municiando o outro, com um volume de informações realmente muito pertinente, muito importante”, considerou.

Eliziane Gama disse que a iniciativa do também maranhense e ex-senador José Sarney (MDB), então presidente do Senado, foi fundamental para a implantação da Rádio e da Agência Senado na década de 1990.

“Eu entendo que foi um divisor de águas em um dos princípios que são fundamentais da administração pública, que é a transparência pública”, afirmou.

Para a senadora, além do papel de levar informação aos brasileiros, os veículos de comunicação do Senado democratizam a informação.

“A gente está aqui no Senado e continua presente no rádio, conversando através desses grandes profissionais da comunicação”, disse Eliziane Gama, ao saudar ‘todos que cumprem um papel muito importante para o exercício da cidadania’.