Em ampla aliança, João Vitor Xavier é o nome do Cidadania na disputa pela prefeitura de Belo Horizonte

Um dos mais queridos nomes do jornalismo esportivo mineiro, o deputado estadual João Vitor Xavier, conhecido por sua atuação na Rádio Itatiaia e na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, é a cara do Cidadania na disputa pela Prefeitura de Belo Horizonte, capital do estado. Com amplo leque de alianças, o parlamentar terá como vice o empresário Leonardo Bortoletto, do DEM, e o maior tempo de televisão entre os candidatos.

“É possível construir uma Belo Horizonte melhor. Depois da chuva vem o arco-íris. Podemos construir uma cidades mais alegre, menos carrancuda e menos arrogante. Uma [cidade] mais próxima, afetuosa e carinhosa. Essa é a cidade que cresci, que amo e que vivo. É a cidade que temos que devolver ao belo-horizontino”, defende ele, para quem, o Brasil e as relações sociais mudaram e, com elas, também o voto.

João Vitor espera que essa mudança se expresse também na vitória do Cidadania em novembro. Além do DEM, estão na chapa do parlamentar PSB, PSL, PL, PMN e PTB, numa demonstração de força logo na largada do processo eleitoral. Com esses partidos, buscará bater nas urnas o candidato à reeleição Alexandre Kalil (PSD), que toca a gestão, na avaliação dele, de forma ineficiente e sem fazer os investimentos necessários na cidade.

Como o momento é de crise, o candidato diz ser possível fazer Parcerias Público-Privadas (PPPs) que permitam maiores investimentos do setor privado desonerando a prefeitura de gastos, possibilitando, assim, alocar recursos em outras áreas deficitárias. A iniciativa garantiria a geração de empregos e o aquecimento da economia da cidade, aumentando, dessa forma, a arredação municipal.

Ele também pretende atrair fundos de investimento internacionais para projetos a curto, médio e, sobretudo, longo prazos. João Vitor criticou a falta de vontade do atual prefeito em aprofundar as PPPs em áreas como Educação, Saúde e Infraestrutura. E lembra que o modelo já existente e criado na gestão passada é eficiente, faltando apenas que Kalil executasse.

Aplicadas à Saúde, as PPPs, segundo o deputado, poderiam restruturar os postos de saúde da capital, extremamente importantes por representarem o primeiro local ao qual o cidadão recorre na busca por atendimento médico. Ele também quer repactuar a relação da prefeitura com os hospitais filantrópicos e trabalhar para colocar as consultas eletivas em ordem também por meio de parcerias com hospitais privados.

Projetos sociais

O deputado critica Kalil por manter confronto aberto com os governos federal e estadual, postura que, em sua visão, trouxe transtornos para toda a população, e diz que vai rever a relação a fim de abrir caminho para investimentos em infraestrutura em BH – entre outros, na área de saneamento básico.

Será necessário, contudo, eleger prioridades, observa, tendo em vista o grande volume de necessidades. Mas pondera que elas estariam melhor atendidas se houvesse uma boa gestão dos recursos. A cidade é umas das capitais com melhor arrecadação no Brasil: R$ 13 bilhões.

João Vitor também defende a retomada do projeto “Vila Rica”, voltado para a construção de moradias para pessoas de baixa renda, e a criação de projetos humanizados e individualizados para dar alternativas às pessoas em situação de rua, replicando iniciativas bem-sucedidas na área por outro prefeito do Cidadania, o de Vitória-ES, Luciano Rezende.

Perfil

João Vítor Xavier, 38 anos, foi eleito para o seu primeiro cargo público em 2008, como vereador por Belo Horizonte, e está, atualmente, no terceiro mandato como deputado estadual. Na Assembleia Legislativa, renunciou ao auxílio-moradia logo no primeiro dia de mandato, votou pelo fim do 14º e 15º salários para os parlamentares da Casa, pelo fim do pagamento de “horas extras” para os deputados e pelo fim do voto secreto na Casa.

Montes Claros e Divinópolis

Em Minas Gerais, o Cidadania também está na cabeça de chapa em duas cidades importantes: Montes Claros e Divinópolis. Em MOC, o nome é o de Humberto Souto, que disputa a reeleição, em ampla aliança fechada com outros 11 partidos: PSL, PSD, PDT, MDB, DEM, PSDB, Solidariedade, PTB, PSC, Patriota e Rede.

Em Divinópolis, o nome do partido é o do advogado Fabiano Tolentino, ex-vereador, ex-deputado estadual, ex-deputado federal e que também já foi secretário de Esportes do munícipio. Já fechou o apoio do PL. Tolentino defende transformar Divinópolis em uma cidade inteligente, desburocratizar os serviços, garantir novos investimentos, melhorar a Educação e valorizar o servidor público.

Cidadania de MG oficializa candidatura de Humberto Souto à reeleição em Montes Claros

O Cidadania de Minas Gerais oficializou, nesse sábado (12), o lançamento da candidatura de Humberto Souto à reeleição para a Prefeitura de Montes Claros (MG). A coligação “Pra Frente Sempre” é formada pelo PSL, Rede, Patriota, PSD, PDT, PSC e Solidariedade e terá como vice o ex-secretário de Obras e Infraestrutura, Guilherme Guimarães (PSL).

Ao falar aos participantes da convenção, realizada na Câmara Municipal da cidade, Humberto Souto argumentou que o objetivo da reeleição é continuar trabalhando, com seriedade e dedicação, por Montes Claros.

“Sou candidato à reeleição para evitar que o passado [político] retorne. Fizemos uma administração revolucionária e não a entregaremos para a velha política do clientelismo. O povo entendeu que é possível administrar uma cidade como Montes Claros mesmo com poucos recursos”, observou.

Souto defendeu a necessidade de uma reforma administrativa e de racionalizar os serviços em meio a um cenário de incertezas para o próximo ano em razão da pandemia de Covid-19.

“Vamos continuar trabalhando pelo resgate da dignidade do nosso povo com caráter e honra. Olhar papel por papel. Saber como o dinheiro está sendo gasto. Aceito essa nova candidatura para que possamos concluir o trabalho que já iniciamos. Queremos mostrar para a população que é possível construir uma cidade ainda melhor”, sustentou.

Presidente do partido em Minas Gerais, o deputado estadual João Vitor Xavier elogiou a força de vontade de Souto em continuar trabalhando por Montes Claros.

“Humberto Souto é um exemplo de gestor público. Homem de vida pública integra e honesta. Ele tem trabalho e serviço prestado por Minas Gerais. O que impressiona é a sua energia em lutar pelas causas do povo mineiro. Quem dera se todas as cidades no estado fossem comandadas por pessoas como ele”, avaliou

O presidente do Cidadania, Roberto Freire, disse que a gestão de Souto à frente de Montes Clareos deve levar a população a reelegê-lo prefeito mais uma vez. “Possui chance de ser reeleito devido à gestão séria que realizou. Não tenho dúvida de que essa caminhada é o recomeço de uma grande gestão e que será ainda melhor nos próximos quatro anos”, destacou.

Cidadania 23 MG lamenta morte de pai do secretário geral do partido Eugênio Mansur

O presidente do Cidadania 23 MG, deputado estadual João Vitor Xavier, lamentou neste domingo (06) o falecimento do senhor Nagib Mansur, pai do secretário partido em Minas Gerais, Eugênio Mansur. Sr. Nagib faleceu aos seus 78 anos, e seu velório será realizado no velório municipal de Pará de Minas, na tarde deste domingo. Em função das medidas sanitárias restritivas devido a pandemia do COVID 19 , os protocolos específicos serão seguidos, tendo a presença apenas de poucos familiares.

Nota de pesar

Em nome do CIDADANIA 23 de Minas Gerais, lamentamos o falecimento do senhor Nagib Mansur, pai do líder político e companheiro do partido, Eugênio Mansur. Oferecemos solidariedade extensiva a todos os familiares e amigos de Eugênio Mansur.

João Vitor Xavier
Presidente Estadual do Cidadania 23 Minas Gerais”

Pré-candidato à Prefeitura de Belo Horizonte, João Vitor visa gestão eficiente para capital mineira

João Vítor Xavier é deputado estadual e presidente do partido Cidadania no estado (Foto: Reprodução)

O deputado estadual de Minas Gerais e presidente estadual do Cidadania no estado, João Vitor Xavier, é pré-candidato à Prefeitura de Belo Horizonte pelo partido na eleição municipal de outubro. O parlamentar, que é jornalista e apresentador de programa esportivo, é conhecido politicamente pela sua austeridade em relação ao dinheiro público, com ações como renuncia do auxílio moradia, o fim do 14º e 15º salários para deputados, dentre outras ações.

Caso seja eleito, o pré-candidato visa uma gestão eficiente para a capital mineira.

Perfil

João Vítor Xavier foi eleito para o seu primeiro cargo público em 2008 como vereador em Belo Horizonte. Em 2018, foi reeleito para o seu terceiro mandato consecutivo de deputado estadual. Na Assembleia Legislativa, renunciou ao auxílio-moradia logo no primeiro dia de mandato, votou pelo fim do 14º e 15º salários para os parlamentares da Casa – a chamada “verba de paletó” -, votou pelo fim do pagamento de participação em reuniões extraordinárias – “horas extras” para os deputados – e pelo fim do voto secreto na Assembleia de Minas.

Na Casa legislativa, o parlamentar foi relator de importantes projetos de lei como o PMDI (Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado): planejamento de Minas Gerais para os próximos 20 anos, até 2030, uma das leis mais importantes da Assembleia; e da a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias), que estabeleceu o planejamento do estado para o ano de 2013.

Na legislatura passada (biênio 2017/2018), foi presidente da Comissão de Minas e Energia, tendo atuação destacada na relatoria do Projeto de Lei 3.676, de 2016, que dispõe sobre o licenciamento ambiental e a fiscalização de barragens no estado. O parlamentar apresentou um substitutivo ao projeto propondo uma mudança de paradigma, ampliando a segurança nos empreendimentos, principalmente em relação às barragens de rejeito.

Em 2019, o deputado João Vítor Xavier, seguindo o trabalho iniciado no ano anterior, foi um dos autores e teve atuação fundamental e decisiva na aprovação do projeto de lei “Mar de Lama Nunca Mais”, que institui a Política Estadual de Segurança de Barragens e determina a erradicação das barragens construídas pelo método de alteamento a montante em Minas Gerais. O projeto foi aprovado e sancionado na forma da Lei 23.291, de 2019. Atualmente, é vice-presidente da Comissão de Minas e Energia da Assembleia mineira.

João Vítor Xavier nasceu em Belo Horizonte, tem 37 anos. Formado em Jornalismo pelo Uni-BH (Centro Universitário de Belo Horizonte), o parlamentar integra a equipe de esportes da Rádio Itatiaia desde 2000 e apresenta, diariamente, o programa Bastidores desde 2004. Tem larga experiência em coberturas internacionais, tendo participado de eventos como Copa Mundo, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos e Mundial de Clubes.

João Vitor Xavier conclama mineiros para ingressar no Cidadania

O presidente do Cidadania de Minas Gerais e deputado estadual, João Vitor Xavier, diz em vídeo (veja abaixo) que o País passa por um novo momento político e ressaltou as qualidades do partido. Ele conclamou todos os mineiros a fazer parte do Cidadania para discutir os problemas enfrentados pela Nação e construir soluções.

João Vitor Xavier assume presidência do Cidadania de Minas Gerais

O deputado estadual  João Vitor Xavier foi eleito neste sábado (06), em Belo Horizonte, presidente do Cidadania em Minas Gerais (veja abaixo). A eleição teve chapa única e obteve o voto unânime dos 55 membros do Diretório Estadual aptos a votar.

Na condução da legenda, ele terá pela frente a missão de lançar candidatos próprios no maior número possível de municípios – especialmente aqueles maiores, o que ajuda a fortalecer a chapa de vereadores.

De olho na disputa pela PBH, João Vitor Xavier assume comando do Cidadania

Recém-filiado à legenda, o deputado estadual foi eleito neste sábado presidente estadual do Cidadania. Meta é disputar a prefeitura nas principais cidades de Minas, incluindo a capital

Isabella Souto – Estado de Minas

De olho na disputa pela Prefeitura de Belo Horizonte no ano que vem, o deputado estadual João Vitor Xavier foi eleito, neste sábado, presidente do Cidadania (ex-PPS), partido ao qual se filiou há pouco mais de um mês. A eleição teve chapa única e obteve o voto unânime dos 55 membros aptos a votar.

Na condução da legenda, ele terá pela frente a missão de lançar candidatos próprios no maior número possível de municípios – especialmente aqueles maiores, o que ajuda a fortalecer a chapa de vereadores.

Sem esconder as pretensões eleitorais no ano que vem, o parlamentar afirmou que já tem mantido conversas com o DEM e o Patriotas – partidos que inclusive participaram da solenidade de filiação de Xavier ao Cidadania em busca de uma aliança. Atualmente a legenda tem apenas um vereador em Belo Horizonte, que integra a base independente da Casa.

“Belo Horizonte é uma das prioridades e precisa de outra opção, percebemos desde a eleição passada que há uma parcela da população que tem uma visão diferente do que está acontecendo na cidade, e gostaríamos de debater com elas e apresentar nossas propostas”, afirmou João Vítor.

Na eleição passada, o Cidadania – que ainda tinha o nome de PPS – apoiou a candidatura de João Leite (PSDB), com a indicação de Ronaldo Gontijo para candidato a vice. A chapa foi derrotada por Alexandre Kalil (PSD) no segundo turno da disputa.

Já é dada como certa a candidatura à reeleição de Alexandre Kalil – recentemente o prefeito se filiou ao PSD e assumiu a presidência do partido no estado. Questionado sobre a expectiva em relação a uma disputa com o atual prefeito, João Vitor Xavier foi enfático.

“Na eleição passada, metade dos prefeitos candidatos à reeleição perdeu. O governador do Estado (Fernando Pimentel, do PT) tentou a reeleição e perdeu. Isso é natural na política, ninguém ganha de véspera. Esperamos levantar e organizar um debate com parcela sgingficativa da sociedade que não se sente representada hoje”, argumentou.

O Partido Popular Socialista trocou o nome para Cidadania em março deste ano. Na ocasião, o presidente nacional do partido, Roberto Freire, alegou que a agenda socialista havia fracassado. Antes de chegar à nova denominação, o PPS ainda tentou a fusão com outras legendas, como o PV e a Rede. Sem sucesso nas negociações, optou apenas pela mudança na nomenclatura.