Encontro do Cidadania-ES debate eleições e lança 33 pré-candidaturas a prefeito no estado

Reunião lotou o plenário da Assembleia Legislativa na capital capixaba (Foto: Cidadania-ES)

Lideranças de todo o Espírito Santo participaram, neste sábado (07), do Encontro Estadual do Cidadania capixaba. O evento lotou o plenário e a galeria da Assembleia Legislativa.

Em pauta, foram discutidos os rumos das Eleições 2020, lançadas 33 pré-candidaturas para prefeito no estado, inscritos novos filiados e também apresentadas informações sobre a nova legislação eleitoral para o próximo ano. Durante o evento também foi prestada homenagem ao presidente de honra do Cidadania Nacional, Antonio Ribeiro Granja, falecido este ano aos 106 anos de idade.

O prefeito Luciano Rezende (Cidadania) destacou em seu discurso que o mandato público é uma arena de batalha e conflito de interesses, além de passar por grande pressão. Por isso, salientou, “é necessário que o político esteja muito bem preparado para tomar decisões em alta velocidade”.

Prefeito Luciano Rezende (esq.) e o deputado estadual Fabrício Gandini (Foto: Cidadania-ES)

“O deputado estadual Fabrício Gandini já demonstrou a sua capacidade e está preparado para liderar e governar a cidade de Vitória. Ele está amadurecido. Nós temos que acreditar que quem define eleição é Deus e a população. E nós temos que apontar para a cidade o que é melhor para ela. Temos que defender Vitória e os Espirito Santo de qualquer ameaça. Aposto que Gandini terá condição de cuidar da nossa cidade com muito carinho” disse o prefeito de Vitória.

O presidente do Cidadania-ES, deputado estadual Fabrício Gandini, afirmou estar consciente do seu papel, principalmente neste momento em que o estado está vivendo. Ele comentou sobre a situação de retrocesso ocorrida nos últimos dias na Assembleia Legislativa do Espírito Santo, quando foram promovidas novas eleições de forma surpresa, com mais de 400 dias de antecedência, e sem tempo suficiente para formação de outras chapas concorrentes, violando o princípio de razoabilidade.

“A renúncia da Mesa Diretora reeleita foi uma vitória parcial. Não podemos relaxar. A sociedade tem que ficar de olho no que ocorreu por aqui e se manifestar. Não podemos parar de acompanhar esse processo, pois a ameaça está em vigor. Por isso, nesta segunda vamos protocolar uma Ação Direta de Inconstitucionalidade”, afirmou Gandini.

Ele ressaltou que tomar a decisão de ir para o enfrentamento tem seus custos, mas ele tem a consciência de que fez o que era o correto.

Representatividade

Além do prefeito de Vitória Luciano Rezende, o encontro do Cidadania teve as presenças do deputado federal Josias da Vitória, de vereadores, lideranças da Grande Vitória e do interior capixaba. Representantes dos partidos PSC, Avante, Podemos, PV, PTB, PDT e PSB também participaram da reunião.

“Para o Brasil avançar temos que sempre nos colocar ao lado de homens e mulheres de bem que querem prestar seu tempo para melhorar o país, os municípios. Por isso, o Cidadania tem aberto espaço para as pessoas de bem, para participar da política. A administração do prefeito Luciano Rezende em Vitória é uma referência. O partido mostra que sabe administrar uma cidade e isso serve de inspiração para todos nossos pré-cadidatos. E se tem alguém que passei a admirar e respeitar pelas posições claras é o nosso presidente regional e nosso futuro prefeito de Vitória, deputado Fabrício Gandini. Tenho muita felicidade e fazer parte da família do Cidadania. Eu sou uma pessoa otimista. No Congresso o Cidadania tem feito a diferença. Nesta semana, o Cidadania se posicionou muito claramente contra o aumento no Fundo Eleitoral. Somos contra. São posições como essas que estão fazendo a diferença. Nosso partido é coerente e está ao lado da sociedade”, disse o deputado da Vitória.

“O Gandini conhece a cidade, está preparado, é um projeto experiente e uma cidade exigente, então ele tem o perfil de Vitória, que é uma cidade que não pode brincar com as questões fiscais. O PSC está fechado com o Cidadania, pois o partido tem bandeiras que o PSC trabalha”, disse Wanderson Marinho, presidente do PSC.

Lúcio Hemerly, presidente municipal do PV de Vitória, também manifestou o apoio de seu partido à candidatura de Gandini.

“Já tivemos uma reunião interna e decidimos que vamos caminhar junto com o Cidadania, pela postura do Gandini, pela administração do atual prefeito Luciano Resende, voltada para as pessoas mais carentes, tem feito muito pela área de Educação”, afirmou.

“A gente já conhece a história do Gandini, ele foi um modelo de gestor na Câmara, tem feito um grande trabalho como deputado estadual, é um cara novo, diferente, conheci de perto seu trabalho e creio que é um nome que irá ajudar no desenvolvimento da cidade”, completou.

Alex Santos, presidente municipal do Avante de Vitória, declarou porque o Cidadania terá seu apoio.

“É uma gestão que já vem dando certo há sete anos em Vitória e queremos continuar com esse desenvolvimento da cidade”, afirmou.

Também discursaram os representantes do PSB (Alberto Farias Gavini Filho), PDT (Weverson Meirelles) e PTB (Anderson Goggi), que declararam apoio ao Cidadania.

Veja abaixo a lista de pré-candidatos a prefeito do Cidadania no Espírito Santo.

Afonso Cláudio – Manoel Paulistão
Alegre – Rodrigo Vargas
Águia Branca – Jailson Quiuque
Aracruz – Doutor Coutinho
Atílio Vivacqua – Sargento Siqueira
Barra de São Francisco – Marcelo Firmino
Conceição da Barra – Manoel Pé de Boi
Divino São Lourenço – Tuquinha
Domingos Martins – Julio Christ
Governador Lindemberg – Leonardo Finco
Guaçuí – Paulinho do Vitalino
Ibiraçu – Vertinho Tonon
Ibitirama – Vice-prefeito Hishan
Iconha – Fernando Trevisani
Irupi – Cleides Segal
Itaguaçu – Átila
Jaguaré – Marcos Guerra
Jerônimo Monteiro – Renato Lima
João Neiva – Laércio Campostrini
Laranja da Terra – Judázio Seibel
Marilândia – Gutin
Montanha – Professor André
Nova Venécia – Antônio Emílio
Piúma – Tenente Paulo Cola
Ponto Belo – Rose
Presidente Kennedy – Daniel Gomes
Rio Bananal – Vilson Teixeira Gonçalves
Santa Leopoldina – Fernando Rocha
São Domingos do Norte – Merinha Comper
São Gabriel da Palha – Professora Céia
Vargem Alta – Flávio Altoé
Vila Velha – Ricardo Chiabai
Vitória – Fabrício Gandini

1º Encontro Estadual do Cidadania-ES debate eleições municipais e define 25 pré-candidatos a prefeito

O Cidadania do Espírito Santo debateu, no 1º Encontro Estadual do partido, realizado no sábado (30), as perspectivas para as eleições municipais de 2020 e definiu 25 pré-candidaturas para prefeituras capixabas. O presidente da legenda no estado, deputado estadual Fabrício Gandini, vai disputar o Executivo de Vitória, e a fundadora do Movimento Vila Nova, Tayana Dantas, que será a candidata do município de Vila Velha.

Para Gandini, o encontro foi uma oportunidade para demonstrar a força do partido e o trabalho realizado por lideranças da sigla com o objetivo de mudar a realidade social das pessoas. Ele citou o exemplo de Vitória, que coleciona bons indicadores conquistados na gestão do prefeito Luciano Rezende, do Cidadania, como a redução do número de homicídios e das faltas nos serviços de saúde.

Gandini: É preciso ter foco”

“Precisamos ter foco no que fazemos, pois nossos filhos irão colher os frutos disso. Queremos ter a confiança das pessoas e estar abertos aos diálogos. Nenhum partido deve nada ao Cidadania e nós não devemos nada a ninguém também. Queremos apresentar o melhor projeto para população de Vitória, fruto do diálogo, e não de troca de favores”, salientou Gandini.

Lideranças

Com o plenário lotado, participaram do encontro diversas lideranças políticas no estado, com o ex-ministro da Cultura e atual deputado federal do Cidadania, Marcelo Calero (RJ). O parlamentar elogiou a gestão de Vitória e afirmou que o modelo adotado pelo prefeito Luciano Rezende na capital é um exemplo para todo o País.

“A população de Vitória tem uma escolha muito fácil a fazer. Há uma candidatura que representa a continuidade desse modelo que está dando certo, que é a do deputado Fabrício Gandini. Ele traz esse legado e reforça essa maneira do Cidadania de governar. Estamos com a certeza de que o trabalho do atual prefeito não vai ser interrompido”, afirmou Calero.

O Encontro do Cidadania ainda contou com as presenças do senador Marcos Do Val (Cidadania-ES), do deputado federal Josias da Vitória (Cidadania-ES), do prefeito da capital, Luciano Rezende, além de vereadores e lideranças da Grande Vitória e do interior capixaba.

Partidos

Representantes dos partidos PSB, Podemos, PDT, PV, Avante, PRB, PSC e PSDB também participaram da reunião. O governador Renato Casagrande (PSB) foi representado por Paulo Menegueli e o ex-governador Paulo Hartung pela ex-secretária de Comunicação, Andreia Lopes.

Apontar caminhos

No encontro, o prefeito Luciano Rezende disse ser preciso lutar sempre pela boa política e uma de suas tarefas é apontar caminhos.

“Aqui em Vitória nós estamos trabalhando o nome de Fabrício Gandini para dar continuidade ao nosso trabalho e é uma perspectiva muito grande. O Brasil precisa muito de boa política e o Cidadania oferece isso”, destacou o prefeito.

Orgulho

O deputado Da Vitoria comentou sobre seu orgulho em relação à condução da gestão de Vitória, o que demonstra a responsabilidade com o setor público.

“Os partidos e suas lideranças têm que ter humildade para reconhecer o trabalho que o Cidadania vem realizando através da gestão de Luciano Rezende à frente da Prefeitura de Vitória. Se tem alguém que ajudou muito nisso e pode dar continuidade a esse projeto é o deputado Gandini”, destacou o deputado federal do Cidadania.

Barulho

O senador Marcos do Val ressaltou o trabalho que os representantes do Cidadania têm feito em Brasília.

“Somos poucos, três deputados federais e um senador, mas estamos fazendo muito barulho, envolvidos em projetos importantes para o país”, disse, lembrando que ficou feliz em ter agilizado a aprovação de R$ 400 milhões de financiamento do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) para investimentos em diversas áreas de Vitória.

Novo momento

No encontro, foi destacado ainda o novo momento do partido, que vem buscando atrair jovens, mulheres e negros, diversificando seu quadro. A programação do evento contou ainda com o lançamento do livro Myrthes Bevilacqua, biografia da primeira deputada federal do Espírito Santo, considerada uma mulher à frente do seu tempo. Myrthes autografou exemplares do livro e compartilhou um pouco de sua história, tão representativa para o Espírito Santo.

Cidadania do Espírito Santo realiza encontro estadual neste sábado

Livro de pré-candidatos do Cidadania-ES será aberto neste sábado (29) em evento na Câmara de Vitória

O Diretório Estadual do Cidadania do Espírito Santo realizará, neste sábado (29), às 9 horas, na Câmara Municipal de Vitória, o primeiro encontro estadual de 2019. O evento tratará, dentre outros assuntos, da abertura do livro de pré-candidaturas para as eleições municipais do ano que vem.

O encontro também tem como objetivo analisar o cenário político, tanto local quanto nacional, e discutir a importância do processo eleitoral do próximo ano. Segundo o presidente da legenda no estado, Fabrício Gandini, a discussão é pertinente já que o próximo pleito será diferente dos anteriores devido a aprovação da PEC 33/2017, que proíbe a realização de coligações partidárias em eleições para deputados e vereadores a partir do próximo ano.

Durante o evento, será lançado ainda o livro Myrthes Bevilacqua, biografia da primeira deputada federal do Espírito Santo.