Cidadania adota teletrabalho na sede do Diretório Nacional

Medida visa a garantir a saúde de servidores e prestadores de serviço e evitar propagação do coronavírus

Tendo em vista o avanço da pandemia do coronavírus no Brasil e as medidas adotadas pelo Governo do Distrito Federal, o presidente nacional do Cidadania, Roberto Freire, determinou que os servidores e prestadores de serviço da sede do partido em Brasília adotem o regime de teletrabalho a partir desta quarta-feira (18/03) pelo prazo de dez dias.

Até o fim desse período, a necessidade de extensão da medida será avaliada. Freire já havia limitado o número de pessoas na sede na última sexta-feira (13), quando solicitou também aos diretórios estaduais e municipais do partidos que evitassem encontros presenciais e dessem preferência a reuniões virtuais, quando necessário.

O objetivo é garantir a saúde de filiados, pré-candidatos e suas famílias, seguindo as melhores práticas já adotadas por órgãos públicos de várias unidades da federação a fim de evitar a propagação do coronavírus. Seguem abaixo os contatos da sede do Cidadania Nacional em Brasília para atendimento remoto.

Direção Nacional:
Claudio Vitorino: (61) 98612-3350

Área administrativa:
Wilson (61) 99536-3534 / (61)99283-0770
Junior: (61) 98426-9661

Área de comunicação e tecnologia:
Lairson Giesel: (61) 99243-2560

Assessoria de Imprensa:
Narciso Portela (61) 99982-3889

Cidadania aprova calendário de congressos e a inclusão de novos integrantes no Diretório Nacional

O presidente do Cidadania, Roberto Freire (SP) afirmou, ao término do Congresso Extraordinário do partido, que a nova legenda é “um recomeço a imagem do início”. No encontro em Brasília, neste sábado (23), foi aprovado a formação do novo Diretório Nacional e definido a realização de um Congresso Extraordinário até outubro, para aprovar o novo estatuto e o programa partidário, além da Carta de Princípios do Cidadania (veja aqui).

“Eu me recordo que quando a gente teve que fazer a outra mudança [do PCB (Partido  Comunista Brasileiro para o PPS (Partido Popular Socialista)], nosso camarada Luiz Carlos Azedo , logo depois [da mudança], disse que precisávamos tomar cuidado para não ser um réquiem. Quero dizer que continuaremos dignos. Estamos tendo um recomeço e começo. Porque tem história por trás. Eu diria que é um recomeço a imagem do início. Sejamos dignos dela”, disse.

Novo Congresso

Os participantes do encontro aprovaram que em outubro deste ano será realizado um novo Congresso Extraordinário para definir o novo estatuto do Cidadania e seu programa político. Ficou decidido ainda que até abril de 2020 serão realizados os Congressos Municipais e, após as eleições, os Congressos estaduais e o Nacional.

Diretório Nacional

O congresso de hoje aprovou também a inclusão de nomes no Diretório Nacional do Cidadania incluindo integrantes  dos movimentos Livres e Acredito.