Cidadania realiza encontro regional em Machado (MG)

Executiva estadual do partido se reuniu com lideranças regionais para discutir as regras para as eleições de 2022 (Foto: Gilson Leite)

Com a aproximação da data para a definição das candidaturas aos cargos de deputado estadual, federal e a governador, o Cidadania reuniu, na cidade de Machado (MG), lideranças regionais do partido do Sul de Minas para discutir questões ligadas às novas regras para as eleições deste ano, como a federação.

O encontro contou com a participação de membros do partido das cidades de Alfenas, Varginha, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Nepomuceno, Machado e da executiva estadual.

O presidente do Cidadania de Machado, Eduardo Tardiole, ressaltou que a nível estadual o partido ainda está construindo alianças para a escolha dos candidatos que irão disputar cargos de deputado estadual e federal.

“O momento que vivemos hoje na política faz com que os partidos e os candidatos estejam em ação e no Sul de Minas não é diferente. Decidimos reunir lideranças do Cidadania para unirmos força em prol de uma política de qualidade, buscando nomes de pessoas que realmente sejam compromissados com a nossa região para que possamos apoiar”, afirmou.

Para o vereador e ex-presidente da Câmara Municipal de Machado, Juliano Campos (Cidadania), o importante é atuar em beneficio da população de Machado e região. “Hoje temos como princípio trabalhar em prol da cidade, independente do partido, como é o caso da Câmara onde os 13 vereadores atuam para que a população seja beneficiada com políticas públicas e projetos de qualidade”, destacou.

Também presente ao encontro, o secretário geral do Cidadania de Minas Gerais, Eugênio Mansur, comentou sobre o instituto da federação, criado pela Lei nº 14.208/21.

“A federação é uma coisa nova na política e vai fazer com que os políticos que forem disputar as eleições em seus municípios em 2024 tenham sabedoria para conduzir o processo, para sentar na mesa de negociação independente de partido político, o que vai nos provocar a melhorar e fazer uma boa política, porque nós temos que aprender e conviver com pessoas de pensamentos diferentes. Em algumas cidades como Machado, vemos partidos diferentes caminhando juntos, o que é bom já que as pessoas têm o mesmo pensamento e o olhar na mesma direção. Independente da ideologia de cada um, o importante é sair dessa polarização que está instituída e vem prejudicando o país”, sustentou.

(Com informações do O Alfenense – 30/05/2022)

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment