“Este homem tinha que renunciar seu mandato e pedir perdão ao mundo”, diz deputada ao votar moção de repúdio contra falas de Arthur do Val

A deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania-SC) disse nesta terça-feira (8) que a moção de repúdio aprovada pela Câmara dos Deputados contra as declarações sexistas do deputado estadual Arthur do Val “precisam servir de exemplo para que nenhum homem do nosso país repita atos tão vergonhosos como este”.

A fala foi feita durante a votação do requerimento que foi aprovado por unanimidade pelo plenário da Casa nesta noite.

Em áudios vazados na internet, o deputado estadual fez comentários sexistas a respeito das ucranianas. Disse que elas “são fáceis porque são pobres”

“Este homem tinha que renunciar seu mandato e pedir perdão ao mundo”, cobrou Carmen.

Para ela, os comentários do parlamentar brasileiro causaram indignação e vergonha mundial.

“Estamos falando de uma guerra, estamos falando de famílias que estão tentando sair do seu país. E um brasileiro se dignar a usar a vulnerabilidade dessas mulheres e ainda mais a sua situação de pobreza. Não é porque a mulher é pobre ou deixa de ser pobre que pode ser usada sexualmente, disse.

Carmen Zanotto afirmou ainda que todos, sem exceção, precisam se revoltar contra a atitude sexista de Arthur do Val, que é conhecido como “Mamãe Falei”.

“Se nós homens e mulheres não nos revoltarmos não merecemos estar aqui, não merecemos ser chamados de cidadãos”, finalizou.

Leia também

Com grande festa, Cidadania da Bahia se prepara para eleições de 2024

A Bahia nunca decepciona. Foi em uma grande festa,...

Juventude23 se reúne com Comte e apresenta metas para eleições 2024

O presidente nacional do Cidadania23, Comte Bittencourt, se reuniu...

Cidadania Bahia reúne lideranças e pré-candidatos nesta terça

O Cidadania da Bahia realiza nesta terça-feira (23), a...

Piauí: Edital de convocação extraordinária

Nos termos do Estatuto Partidário e da legislação em...

Informativo

Receba as notícias do Cidadania no seu celular!