Simone: Essa eleição não pode ser do medo, mas da esperança

“Nossa candidatura tem todas as condições para trazer esperança, paz e unir o País”, afirma a presidenciável (Foto: Reprodução/SBT)

A candidata a presidente da coligação Brasil para Todos (MDB, Cidadania, PSDB e Podemos), Simone Tebet (MDB), voltou a criticar na rede social a polarização política da campanha eleitoral entre os primeiros colocados nas pesquisas e intenção de voto na rede social. Ela disse que por ser a mais importante eleição da história do Brasil, o pleito de outubro não pode ser do medo, mas da esperança.

“É preciso votar pela esperança. Nossa candidatura tem todas as condições para trazer esperança, paz e unir o País. Queremos um Brasil que seja de todos, com comida barata na mesa, educação e saúde de qualidade. Juntos, com amor e coragem, vamos mudar o Brasil de verdade!”, disse a candidata, que participou nesta terça-feira (20) da série de sabatinas com os presidenciáveis do Programa do Ratinho, no SBT.

Na entrevista ao apresentador, a candidata criticou a polarização política entre os apoiadores das campanhas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e do presidente Jair Bolsonaro (PL).

“Sou candidata do Brasil, sou radicalmente contra essas ideologias, elas estão matando o Brasil, enquanto o Brasil passa fome. A população não come ideologia. O meu partido é o Brasil”, afirmou.

Simone disse no programa ser contra a reeleição e que caso eleita vai registrar em cartório, e entregar ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e ao Congresso Nacional documento com o compromisso de que não será candidata ao segundo mandato. 

“Somente colocando o Brasil em primeiro lugar, sem populismo, o País voltará a crescer”, ressaltou.

A candidata também não poupou crítica a Bolsonaro e disse que a Presidência da República é ‘lugar de dar exemplo’.

“Toda vez que a gente vê o presidente falar besteira, vemos o dólar subir, a inflação. Precisamos devolver a segurança jurídica e institucional ao nosso país para atrair investimentos. Presidência é lugar de dar exemplo”, afirmou.

Nos 30 minutos de entrevista (veja abaixo), Simone reforçou seu compromisso com a agenda social para inclusão de mais mulheres e pessoas negras, a preservação do meio ambiente, a valorização da educação e saúde públicas, a reforma tributária, a segurança pública e com a cultura.

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment