”Postergar Renda Brasil é duro golpe contra os mais vulneráveis”, diz líder do Cidadania

O líder do Cidadania na Câmara dos Deputados, Arnaldo Jardim (SP), criticou a decisão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de suspender o lançamento da proposta para implantar o Renda Brasil.

O programa vinha sendo anunciado pelo presidente, mas enfrenta disputas internas no Executivo. E nesta quarta-feira, segundo o próprio Bolsonaro, a proposta que seria enviada ao Parlamento foi suspensa.

“Nós precisamos ter uma proposta permanente de renda básica num país tão desigual como o nosso. Quando um governo não se entende, disputa entre si, posterga o envio da proposta, isso prejudica os mais vulneráveis. Nós queremos essa medida rapidamente para poder aperfeiçoa-la e implementá-la”, declarou Jardim.

O Cidadania na Câmara prepara uma proposta ampla para tornar o auxílio emergencial um benefício permanente. O projeto deve ser apresentado em breve, sugerindo, entre outros pontos, as fontes de renda para custear o programa.

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário