IBGE: Setor de serviços apresenta ligeira alta de 0,8%

O setor de serviços registrou ligeiro crescimento de 0,8% entre junho e julho, segundo dados da PMS (Pesquisa Mensal de Serviços) divulgados nesta quinta-feira (12) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O aumento recuperou a queda de 0,7% registrada no período anterior.

Na comparação com julho de 2018, o setor de serviços apresentou crescimento de 1,8%, de 0,8% no acumulado do ano e de  0,9% no acumulado de 12 meses.

A alta entre junho e julho ocorreu graças aos serviços de informação e comunicação, que avançaram 1,8% no período. Também foram registradas alta nos segmentos de outros serviços (4,6%) e de transportes, serviços auxiliares de transportes e correios (0,7%).

No caminho inverso, apresentaram queda os segmentos de serviços prestados às famílias (-0,5%) e serviços profissionais, administrativos e complementares (-1,3%).

Já a receita nominal do setor cresceu 1,6% de junho e julho, 4,7% na comparação com julho de 2018, 4,3% no acumulado do ano e 4,2% no acumulado de 12 meses. (Com informações do IBGE e agências de notícias)

Leia também

Toffoli embanana julgamento do porte de maconha

Presidente do Supremo, Barroso fez questão de esclarecer que o STF considera, “tal como a legislação em vigor”, que o porte e consumo pessoal de drogas são atos ilícitos.

IMPRENSA HOJE

Veja as manchetes dos principais jornais hoje (21/06/2024)

A profissão do brasileiro é mesmo a esperança

Na pesquisa sobre governo Lula, 40% dos entrevistados acreditam que a situação econômica do país vai melhorar, ante 28% que preveem piora.

Encontro G7 na Puglia: um marco histórico de cooperação internacional

Renata BuenoNo último final de semana, a região da...

Jardim preside debate sobre a importância da energia nuclear no cenário global

O deputado federal Arnaldo Jardim (Cidadania-SP) presidiu nesta quarta-feira...

Informativo

Receba as notícias do Cidadania no seu celular!