Reajuste de fundo eleitoral está na contramão da crise econômica, diz Carmen Zanotto

A deputada federal Carmen Zanotto (SC) reafirmou nesta terça-feira( 27) posição contrária ao aumento do fundo eleitoral, que será destinado aos partidos para ser aplicado nas próximas eleições municipais.

De acordo com a parlamentar do Cidadania, o aumento do fundo eleitoral para R$ 3,7 bilhões está na contramão da crise econômica do País.

“É contraproducente falar em aumento de recursos para financiar eleições, quando falta dinheiro para a saúde, para a educação, para a infraestrutura, para tudo. Será que é preciso lembrar que estamos com 12 milhões de desempregados?”, criticou.

A declaração da parlamentar reforça a decisão tomada pela Executiva Nacional e da bancada do Cidadania, em reunião na semana passada, que fechou questão contra a medida.

A previsão está incluída na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) que foi aprovada neste mês de agosto. O projeto da LDO poderá ser apreciado nesta quarta-feira (28) na sessão do Congresso Nacional, ou seja, em conjunto entre deputados e senadores.

Leia também

Pautas contraditórias

A pauta dos eleitores perdeu sintonia com a pauta...

Caso Juscelino acende a luz vermelha no Supremo

As “emendas Pix” ou “emendas cheque em branco” foram criadas para dificultar o rastreamento do dinheiro do Orçamento destinado às bases eleitorais dos parlamentares.

IMPRENSA HOJE

Veja as manchetes dos principais jornais hoje (18/06/2024)

O trauma do aborto é um segredo das famílias brasileiras

Foi imediata a reação contrária da opinião pública, pelas redes sociais e nas ruas, à tentativa de criminalizar o aborto de crianças vítimas de estupro com penas de até 20 anos.

Informativo

Receba as notícias do Cidadania no seu celular!