Nova Lima vai sediar fábrica argentina de baterias e carros elétricos

Com uma série de incentivos fiscais, a expectativa é que a unidade da Bravo Motor seja responsável por até 13% das baterias elétricas vendidas no mundo

O prefeito de Nova Lima, João Marcelo Dieguez (Cidadania), concedeu entrevista à CNN nesta terça-feira (25) e falou sobre a instalação de uma fábrica de carros elétricos e baterias no município. A montadora argentina vai investir R$ 25 bilhões no projeto, que deve gerar cerca de 10 mil empregos.

“Nós criamos um pacote tributário que passa pela isenção do IPTU nas fases de construção, implantação e ramp-up, isenção de ITBI e o ISS de 0,5% por 10 anos. E ainda temos a proposta de isenção do IPVA da parte que refere-se ao município para veículos elétricos”, destacou o prefeito.

Segundo Dieguez, a expectativa é que 10% a 13% das baterias elétricas do mundo sejam produzidas na fábrica em Nova Lima.

“A vinda da Bravo Motor significa o desenvolvimento sustentável, equilibrado, geração de emprego, renda e arrecadação para o município, com baixo impacto poluidor. E ainda trazendo o que mais se tem hoje de tecnologia inovadora. Posso dizer que num curto prazo, em cinco anos, vamos ter carros elétricos automatizados aqui no nosso município”, afirmou.

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment