FAP, em parceria com Cidadania, lança curso de capacitação Gestão Cidadã

Formação é destinada a filiados ao partido; inscrições foram abertas nesta quinta-feira em plataforma on-line

A Fundação Astrojildo Pereira (FAP) abriu, nesta quinta-feira (15/4), as inscrições para o curso Gestão Cidadã, com aulas telepresenciais exclusivas para filiados ao Cidadania, ao qual a entidade é vinculada. As vagas são limitadas. A aula magna do curso está marcada para o dia 3 de maio.

As inscrições poderão ser feitas, diretamente, na plataforma de educação a distância Somos Cidadania, que também foi lançada nesta quinta-feira, de forma totalmente interativa, moderna, com acesso gratuito para matriculados e design responsivo (veja mais detalhes ao final da reportagem).

O presidente nacional do Cidadania, Roberto Freire, diz o curso reforça a tradição quase secular do partido, destinada a “políticas de formação de quadros”. “A diferença é que, mais do que anteriormente, a capacitação é bem mais fundamental neste mundo porque as transformações da sociedade e os processos de inovação se refletem também na gestão pública”, afirmou, em entrevista ao portal da FAP.

“Grande instrumento”

“O partido, se quiser ser atual e capaz de governar cidades, estados e o próprio país, precisa formar aqueles que serão responsáveis por essa gestão”, disse Freire. “O Cidadania tem grande instrumento para isso, a Fundação Astrojildo Pereira, que tem se revelado, nesses últimos anos, para grande formação de quadros do partido”.

Presidente do Conselho Curador da FAP, coordenador do curso e ex-prefeito de Vitória (ES), o médico Luciano Rezende destacou que a atividade de formação é a base da construção do que chamou de “boa política”.

“O Brasil precisa da boa política. A nova política é uma expressão que embute dois preconceitos de que tudo que é novo é bom e tudo que é velho é ruim. O termo correto é boa política”, explicou Rezende. Ele foi prefeito da capital do Espírito Santo por dois mandatos, de 2013 a 2020, e deixou o governo com alta aprovação.

Valores da boa política

A boa política, de acordo com o coordenador do curso, se faz preservando virtudes. “São valores como ética, integridade, lealdade, comprometimento, mas também capacidade de gestão e de compreender o processo de gestão pública, como funciona o arcabouço legal de municípios, estados e país”, destacou.

É exatamente por isso que o curso ganha ainda mais relevância nesse momento, logo nos primeiros meses de mandatos de prefeitos, vices e vereadores eleitos, no final do ano passado, em todo o país. “Esse curso da FAP vai tratar de temas que preparam as lideranças para a boa política através da capitação”, disse.

Ele citou que os participantes vão aprender como lidar com orçamento, gerenciar crise e usar adequadamente rede sociais, por exemplo, além de entenderem e executarem outras habilidades essenciais para a gestão pública de excelência.

“A agenda diária do cotidiano envolve a movimentação política, e a formação técnica é esquecida. Esse curso lembra que a formação técnica é fundamental”, destacou o ex-prefeito de Vitória.

Gestão pública com eficácia

Diretor-geral da FAP e consultor do Senado, o sociólogo Caetano Araújo ressaltou que o curso vai fornecer o conjunto de informações necessárias para a gestão pública ser eficiente, a fim de os serviços públicos serem realizados com a maior eficácia possível.

“A fundação, desde que foi criada, em 2000, tem uma atuação bastante forte na parte de formação política, primeiro com cursos exclusivamente presenciais. Depois no segmento de cursos a distância, no qual temos experiencia de sucesso”, disse, referindo-se aos cursos Jornada da Cidadania e Jornada da Vitória realizados no ano passado.

De acordo com o diretor-geral da FAP, o curso será realizado por profissionais altamente competentes em suas respectivas áreas. “São pessoas que têm competência acadêmico-gerencial, conhecidas pelos seus pares e com larga experiencia nesses temas”, asseverou.

Araújo disse, ainda, que o curso, certamente, oferecerá um grande arcabouço de conhecimento ao público ao qual se destina. “É certo que os profissionais vão poder passar bastante conhecimento para os nossos alunos. O curso tem tudo para ser um sucesso e vai ter impacto muito positivo na gestão pública dos municípios, sobretudo”, acentuou.

Plataforma Somos Cidadania

Com design responsivo, que se adapta a diferentes dispositivos de acesso (celular, computador e tablet), a plataforma Somos Cidadania é um projeto ousado e robusto de integração partidária e de divulgação de ações do partido e da FAP.

Ao acessar a plataforma, o internauta vai visualizar uma mensagem com o seguinte aviso: “Este é um espaço democrático e amplo que conecta filiados e simpatizantes para promover o debate em torno dos principais temas de relevância nacional”.

Em seguida, para ter melhor experiência de utilização da plataforma, o internauta terá de responder se é filiado ao Cidadania ou simpatizante do partido. Se for filiado, terá de informar número do título de eleitor e do CPF, para confirmação da resposta.

Além de ser o canal de realização do curso, a plataforma servirá também um canal de comunicação e funcionará, ainda, como ponte entre os seus integrantes e todas as lideranças políticas do Cidadania em todo o país.

Nela, os internautas terão a opção de participar de diversos grupos temáticos. Abaixo, veja lista de alguns exemplos, por ordem alfabética:

Exemplos de grupos temáticos da plataforma Somos Cidadania

  • Ação social;
  • Agronegócio;
  • Cidadania nos estados;
  • Cidadania nacional.
  • Cultura;
  • Relações exteriores;
  • Ciência, tecnologia e inovação;
  • Educação;
  • Emprego e renda;
  • Economia;
  • Meio ambiente;
  • Saúde;
  • Segurança.

Além dos grupos temáticos, há uma parte destinada ao perfil de cada uma das pessoas cadastradas na plataforma, assim como espaço para fóruns de discussão e informação sobre eventos do partido e da fundação.

Curso Gestão Cidadã

Veja, abaixo, informações detalhadas sobre o curso oferecido pela FAP, em parceria com o Cidadania.

Objetivo geral

  • Formar novos líderes que agreguem valor às gestões do Cidadania, para capacitar filiados, prefeitos e vereadores do partido na área de gestão pública, com a finalidade de elevar o padrão das administrações municipais.

Objetivos específicos

  • Fornecer bases e conhecimentos para a implementação de uma gestão pública focada no cidadão;
  • Preparar gestores públicos para atuar de forma transparente e eficiente usando toda a tecnologia disponível (Cidades Inteligentes) na execução de políticas públicas sem abandonar a responsabilidade fiscal e a austeridade, requisitos fundamentais para uma administração pública de qualidade.

Metodologia e programação

  • Formação presencial online (telepresencial) com aulas gravadas, associada ao ambiente virtual de aprendizagem assíncrona – estudos dirigidos (vídeos/podcast e leitura);
  • Seis semanas de curso (aulas às segundas e quartas – 19h às 20h30);
  •  Carga horária total: 36 horas;
  • Certificado para quem visualizar, por completo, 75% das aulas online que serão gravadas e disponibilizadas na plataforma.

Formato

  • Aulas telepresenciais: duas aulas semanais ao vivo de 1h30. (30 minutos para tirar dúvidas dos alunos);
  • As aulas serão gravadas e disponibilizadas na plataforma.
  • Leitura obrigatória: professor vai indicar artigo ou capítulo de livro para leitura com carga de 45 minutos (tempo estimado);
  • Material complementar: professor vai indicar artigo ou capítulo de livro para leitura com carga de 45 min. (tempo estimado).

Público-alvo

  • Prefeitos e vereadores eleitos pelo Cidadania 23;
  • Filiados ao Cidadania 23 que atuam na gestão pública;
  • Simpatizantes do Cidadania 23 que desejam conhecer as boas práticas da administração pública.

(Cleomar Almeida, Coordenador de Publicações da FAP)

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário