Manifesto: Por um efetivo plano nacional e público de vacinação

Os órgãos de cooperação do Cidadania – Mulheres (M23), Diversidade (D23), e Igualdade (I23) – divulgaram nesta quarta-feira (7) um manifesto defendendo o compromisso por um plano nacional e público de vacinação. Eles referendam o posicionamento da bancada do Cidadania no Senado, que manifestou opinião contrária à proposta de alteração da Lei 14125/21, que abriria novas possibilidades de aquisição de vacinas contra a covid-19 pela iniciativa privada. De acordo com o documento, o direito à saúde é de todos os brasileiros, sem distinções, o que torna imoral a possibilidade de acesso antecipado para quem dispõe de melhores condições financeiras.

Veja a íntegra do manifesto:

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário