Kajuru: Hélio Fernandes foi o jornalista mais sofrido durante o regime militar

“O que ele enfrentou na ditadura nem um outro jornalista enfrentou”, diz o senador (Foto: Reprodução/Redes sociais)

O senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) registrou e lamentou em plenário a morte do jornalista Hélio Fernandez, aos 100 anos, no Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (10). Ele foi dono da “Tribuna da Imprensa” e dirigiu o jornal durante mais de 40 anos, e era irmão do cartunista Millôr Fernandes.

O parlamentar disse que Hélio Fernandes foi o jornalista mais sofrido durante o regime militar.

“Ninguém sofreu mais do que ele, teve que ir embora do Brasil. Eu escrevi no jornal dele como tantos outros jornalistas do Brasil. Então, eu creio que merece aqui a gente fazer o registro do falecimento desse jornalista, que faz parte da história, porque o que ele enfrentou na ditadura nem um outro jornalista enfrentou”, afirmou.

Hélio Fernandes foi perseguido, preso diversas vezes e teve os direitos políticos cassados pelo regime.

Mesmo aos 100 anos, o jornalista continuava a atualizar uma página no Facebook com opiniões sobre o cenário político e social do País.

Ele morreu em casa, de causas naturais, e deixa três filhos e dois netos.

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário