Fim de convênio entre BB, Caixa e lotéricas prejudica milhares de brasileiros, critica deputado

Rubens Bueno cobra de Paulo Guedes volta de atendimento de clientes do BB nas lotéricas da Caixa

O deputado federal Rubens Bueno (Cidadania-PR) enviou ao ministro da Economia, Paulo Guedes, requerimento pedindo que ele faça gestão junto ao Banco do Brasil e à Caixa Econômica Federal para que seja retomado o convênio de compartilhamento das lotéricas e dos terminais de autoatendimento entre as duas instituições, a fim de não prejudicar os milhares de correntistas e de usuários desses serviços.

Recentemente, o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal encerraram o acordo que permitia, desde 2005, saques em espécie e pagamento de boletos a partir de retiradas nas lotéricas, além de consulta aos saldos nas contas. Também era possível que clientes do BB realizassem saques em terminais na Caixa e vice-versa.

“O fim do convênio representa claro prejuízo aos correntistas e clientes de lotéricas, que, muitas vezes, tinham nessa opção a única forma de acesso a serviços bancários. Milhares de brasileiros no interior do Brasil, e em locais de acesso precário à internet, incluindo aposentados e pensionistas, dependiam quase que exclusivamente dessa alternativa. Com isso, as mais de 13 mil lotéricas no Brasil passam a ficar impedidas de prestar esse valioso serviço”, argumentou o Rubens Bueno no pedido enviado ao ministro.

O deputado reconhece que as razões, de cunho comercial e econômico, merecem ser consideradas por ambas as empresas, que não podem se descuidar da sustentabilidade financeira de suas operações.

“Mas sugerimos ao ministro uma intermediação no sentido de construir um entendimento para que se retome o convênio de compartilhamento das lotéricas e dos terminais de autoatendimento, com o objetivo de não prejudicar os milhares de correntistas e cidadãos usuários das lotéricas”, explicou o parlamentar.

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário