Comissão aprova requerimento de Eliziane Gama para ministro explicar exames de Covid-19 perto de vencer

‘Precisamos entender o porquê de o Ministério da Saúde não ter distribuído os mais de 6 milhões de testes’, cobra a senadora (Foto: Ministério da Saúde)

A comissão mista do Congresso Nacional que acompanha as ações de combate à Covid-19 aprovou, nesta terça-feira (24), requerimento da senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) para que o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, esclareça o estoque de quase sete milhões de testes para detecção do novo coronavírus que podem perder a validade entre dezembro e janeiro de 2021.

De acordo com reportagem do jornal ‘O Estado de S. Paulo’, os exames RT-PCR – considerados os de maior precisão – estão em um armazém do governo federal em Guarulhos (SP). Desde o início da pandemia, pouco mais de 5 milhões de testes desse tipo foram feitos na rede pública.

“É muito importante que neste momento nós tenhamos informações do Ministério da Saúde quando o mundo inteiro aguarda na verdade a chegada das vacinas. Precisamos entender o porquê de o Ministério da Saúde não ter distribuído os mais de 6 milhões de testes que vieram para diagnóstico da Covid-19”, cobra a senadora, vice-presidente da comissão mista.

No requerimento de informações, a parlamentar questiona Pazuello sobre os motivos pelos quais os testes estão estocados, o plano para distribuição dos kits , o prazo de validade e qual o número exato de testes que ainda estão estocados.

Audiência pública

A comissão mista da Covid-19 também aprovou a realização de uma audiência pública para que o ministro da Saúde preste esclarecimentos sobre a estocagem dos testes de Covid-19 perto de vencer.

A reunião de Pazuello com os parlamentares do colegiado ainda será agendada, mas a expectativa do presidente da comissão, senador Confúcio Moura (MDB-RO), é de que a reunião ocorra até o dia 7 de dezembro.

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário