Alessandro e Kajuru apoiam pedido para que TSE não centralize divulgação de votos no 2º turno

Senadores defendem a retomada do antigo procedimento de apuração, com participação efetiva dos TREs (Foto: Reprodução)

Os senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Jorge Kajuru (Cidadania-GO) subscreveram requerimento (RQS 2.697/2020) apresentado pelo senador Esperidião Amin (PP-SC) no qual é solicitado ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que o órgão não reproduza o novo método de contagem de votos centralizado no segundo turno da eleição.

Na apuração do primeiro turno, as seções eleitorais enviaram seus dados aos TREs (Tribunais Regionais Eleitorais) e, estes, remeteram ao TSE, em Brasília, que anunciou os resultados. O senador sugeriu a retomada do antigo procedimento de apuração, com participação efetiva dos TREs.

Na justificativa do documento, Esperidião Amin observa que o Brasil vinha sendo reiteradamente reconhecido como exemplo mundial na apuração de votos durante os pleitos eleitorais. Contudo, ele enfatiza que com a decisão administrativa do TSE, os tribunais regionais eleitorais “passaram a não desempenhar a função anterior de totalização, ocupando-se somente em enviar os dados ao TSE”.  (Com informações da Agência Senado)

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário