Covid 19: Vice-presidente do Cidadania condena censura no Ministério da Saúde

O vice-presidente nacional do Cidadania, deputado federal Rubens Bueno (PR), condenou nesta quarta-feira a censura imposta pelo Palácio do Planalto ao twitter do Ministério da Saúde utilizado para alertar a população sobre os cuidados necessários contra a Covid 19. Na avaliação do parlamentar, mais uma vez o governo despreza a ciência e aposta na estratégia criminosa e letal do obscurantismo.

Na manhã de hoje, o Ministério da Saúde publicou no Twitter a seguinte mensagem:

“Olá! É importante lembrar que, até o momento, não existem vacina, alimento específico, substância ou remédio que previnam ou possam acabar com a Covid-19. A nossa maior ação contra o vírus é o isolamento social e a adesão das medidas de proteção individual.”

Momentos depois, apagou a mensagem que dizia não haver remédio específico contra a Covid-19.

“Temos um presidente que aposta no quanto pior melhor, que censura seu próprio Ministério da Saúde, que despreza a ciência e que empurra a população para uma irresponsabilidade que pode ser letal. É um governo obscuro e sem noção”, condenou o deputado.

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário