Paulo Guedes mantém um zoológico de parasitas do dinheiro público, critica vice-presidente do Cidadania

“O ministro Paulo Guedes quer criar impostos, reduzir salários de servidores concursados, tirar dinheiro da Educação para recriar programa cuja preocupação primeira é eleitoreira, mas tem ao seu redor um zoológico particular de parasitas do dinheiro público”, reagiu nesta terça-feira o vice-presidente nacional do Cidadania, deputado federal Rubens Bueno (Cidadania-PR), ao comentar a notícia de que integrantes da cúpula do Ministério da Economia acumulam cargos em estatais e, assim, elevam o contracheque e muitos recebem mais que o teto do funcionalismo público (R$ 39,3 mil).

O parlamentar é relator do projeto que barra os supersalários no serviço público ao regulamentar o teto salarial nos três poderes. A matéria está pronta para entrar na pauta do plenário, aguardando apenas a votação de um requerimento de regime de urgência. Entre os pontos previstos no relatório do deputado está a inclusão dos jetons no chamado abate teto. Assim , nenhum ministro ou auxiliar passaria a receber mais do que um ministro do Supremo Tribunal Federal.

“Em tempos em que o governo defende a reforma administrativa, o ministro que a enviou deveria estar atento ao seu quintal. Se tivesse interesse em acabar com privilégios de poucos estaria trabalhando também pela aprovação de nosso relatório”, finalizou Rubens Bueno.

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário