Proposta de Paula Belmonte reduz impostos de micro e pequenas empresas por causa da crise

A deputada Paula Belmonte (Cidadania/DF) apresentou projeto de lei complementar (PLP 233/20) que reduz temporariamente em 30% os impostos para micro e pequenas empresas inscritas no Simples Nacional. Se aprovado, o benefício terá vigência durante e depois do estado de calamidade pública, que termina em dezembro deste ano. O incentivo fiscal se estende até dezembro de 2021.  A proposta foi protocolada no último dia 11.

O projeto altera a lei complementar que instituiu o Estatuto Nacional da Microempresa e de Empresa de Pequeno Porte. A parlamentar argumenta, no projeto, que “espera-se que a recuperação econômica que já se principia será extensa e duradoura, requerendo dilatado período de tempo para que volte a ocorrer crescimento econômico substantivo”. A parlamentar chama a atenção para a importância da manutenção e geração de empregos  por micro e pequenos empreendedores..

Para Paula Belmonte, haverá um longo período para que a produção, os investimentos e o consumo retornem a seu patamar de normalidade. “Consideramos essencial estabelecer, desde já, medidas que sejam mantidas por ao menos 12 meses após o término da vigência do estado de calamidade pública decorrente da Covid-19”.

Leia também

Impacto das mudanças climáticas

As mudanças climáticas têm sido um tema central em...

IMPRENSA HOJE

Veja as manchetes dos principais jornais hoje (24/05/2024) MANCHETES DA...

Tragédia no Rio Grande do Sul: Webinar da FAP debate enchentes e crise climática

Comunicação FAPEspecialistas participam de evento online, com transmissão por...

IMPRENSA HOJE

Veja as manchetes dos principais jornais hoje (23/05/2024) MANCHETES DA...

Informativo

Receba as notícias do Cidadania no seu celular!