Dia da Democracia: Para Eliziane Gama, Constituição de 1988 deu ‘base democrática robusta’ ao País

A senadora aponta, no entanto, que a crise econômica, reforçada pela pandemia de Covid-19, é um fator de risco (Foto: Reprodução/Internet)

O Dia Internacional da Democracia é celebrado nesta terça-feira (15) e para a líder do Cidadania no Senado, Eliziane Gama (MA),  a Constituição de 1988 deu ao País uma base democrática robusta, que vem mantendo as instituições funcionando frente aos ‘desvarios autoritários do atual governo federal’.

A data foi criada pela ONU (Organização das Nações Unidas) em 2007, como forma de lembrar a Declaração Universal da Democracia, assinada em 15 de setembro de 1997 por representantes de 128 países

Eliziane Gama destaca o comportamento sóbrio das Forças Armadas e a adesão do seu corpo estruturado à causa da liberdade. A senadora aponta, no entanto, que a crise econômica, reforçada pela pandemia de Covid-19, é um fator de risco.

A parlamentar ressalta que é preciso enfrentar a crise sem demagogia, com orientação ‘nos interesses das camadas empobrecidas e apostando na produção’.

Para a senadora, também é preciso combater a corrupção e o crime organizado em todos os níveis.

“Os movimentos protofascistas que tentam desmoralizar nossas instituições, em especial a Justiça, têm que ser estancados politicamente e punidos com a lei”, alertou Eliziane Gama. (Com informações da Agência Senado)

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário