Cidadania aprova proposta da Comissão Executiva sobre distribuição do fundo eleitoral

Resolução 007/2020 levou em consideração uma série de indicadores, como desempenho em eleições anteriores, cláusula de barreira e informes das seções locais do partido

A Executiva Nacional do Cidadania aprovou nesta quinta-feira (20) a Resolução 007/2020, que trata da distribuição do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC). Segundo o presidente nacional do Cidadania, Roberto Freire, o partido é favorável ao financiamento público das eleições.

“O partido teve um intenso trabalho por meio de uma comissão específica criada para apresentar uma proposta. Há muito tempo o partido decidiu a favor desse processo de patrocínio público de eleições como forma de evitar o poder econômico excessivo sobre as eleições observado no financiamento privado. É um modelo adotado por decisão do Judiciário, mas que sempre foi defendido por nós no Legislativo”, destacou.

Para a distribuição dos recursos, a Comissão Executiva, que elaborou a proposta, levou em consideração os resultados do partido nas eleições municipais de 2016, nas gerais de 2018, os informes apresentados pelas direções estaduais com as prováveis candidaturas a prefeitos/vereadores e prefeitas/vereadoras.

“Realizamos várias reuniões e consideramos uma série de indicadores apresentados, como também os estados em que o partido cumpriu cláusula de barreira, e que elegeu parlamentares, deputados federais e senadores, o que significa a força do partido no estado”, afirmou o secretário-geral do Cidadania, Davi Zaia.

Veja a resolução no link:

Resolução 007/2020

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário