Cristovam Buarque: ideias e capacidade de expressá-las serão fundamentais nas eleições de novembro

Em conversa virtual com participação expressiva dos 1.230 pré-candidatos a vereador e 23 a prefeito do Cidadania-RJ, o ex-senador e ex-governador Cristovam Buarque defendeu a federalização da Educação pública como forma de melhorar a qualidade do ensino e oferecer a pobres e ricos as mesmas oportunidades de aprendizagem.

Cristovam sustentou que essa deve ser, em sua avaliação, uma das principais bandeiras a serem assumidas pelo Cidadania. Falando na condição de quem tem uma bem-sucedida atuação na política, como senador, governador, ministro, entre outros cargos, ele aconselhou os pré-candidatos a seguir três diretrizes na pré-campanha: “sapato macio, uma ideia na cabeça e língua afiada”.

Na avaliação do ex-governador, quando as campanha de rua ainda eram possíveis, andar pelos bairros e conhecer as pessoas era uma das atividades fundamentais dos pré-candidatos, que, agora, terá de ser substituída por outros meios de contato com a população a partir das redes sociais. Mas mesmo com a mudança imposta pela pandemia, ideias e capacidade de expressá-las são indispensáveis, disse ele.

Diretor da Fundação Astrojildo Pereira, Luiz Carlos Azedo, que também participou do evento, ofereceu ideias e sugestões aos candidatos em relação ao desenvolvimento das pré-campanhas, especialmente o contato, em linha com as diretrizes do Cidadania, com as populações periféricas das grandes cidades, sujeitas ao abandono do poder público.

Ambos se colocaram à disposição para novos encontros com os nomes do partido no Rio de Janeiro.

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário