Senador Alessandro Vieira será vice-presidente da Frente Parlamentar Mista da Renda Básica

Parlamentar foi relator no Senado do projeto do auxílio emergencial de R$ 600 para trabalhadores informais durante a pandemia. (Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado)

O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) foi escolhido vice-presidente da Frente Parlamentar Mista da Renda Básica lançada nesta terça-feira (21), com o apoio de 215 parlamentares de 23 partidos de centro, esquerda e direita.

O grupo suprapartidário que será presidido pelo deputado federal João Campos (PSB-PE) contará com a organização conjunta da RBRB (Rede Brasileira de Renda Básica), que coordena a campanha pela renda básica com outras 160 organizações da sociedade civil.

De acordo com Alessandro Vieira, a Frente deve centralizar os debates sobre o tema da renda básica no Congresso Nacional, discutindo inclusive a proposta a ser apresentada pelo governo federal. Além da RBRB, completam o corpo técnico do colegiado composto por senadores e deputados representantes da Unicef, Oxfam Brasil, CUFA (Central Única das Favelas) e especialistas no tema.

O senador do Cidadania disse que a Frente vai ser importante para garantir a transição do auxílio emergencial para a renda básica.

“Poderemos deliberar sobre o aperfeiçoamento [do auxílio] e sobre as propostas de ótima qualidade apresentadas no Senado no sentido da proteção da renda dos trabalhadores vulneráveis”, destacou o parlamentar, relator no Senado do projeto do auxílio emergencial de R$ 600 para trabalhadores informais durante a pandemia.

O movimento se antecipa ao programa Renda Brasil, anunciado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, para ser adotado em um cenário pós-pandemia. O governo federal ainda precisa enviar proposta ao Congresso.

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário