Rubens Bueno defende criação de frente ampla em defesa da democracia no Congresso

Vice-presidente do Cidadania diz que proposta está ganhando força em razão das constantes provocações do presidente Jair Bolsonaro, que vem agravando a crise sanitária da Covid-19

O vice-presidente do Cidadania, deputado federal Rubens Bueno (PR), defendeu, em entrevista ao site Congresso em Foco, a criação de uma frente ampla democrática no Congresso Nacional para fazer frente à escalada autoritária comandada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

“Há vários grupos conversando e a frente vai ganhando força. Não é só grupo interno do Congresso, mas de outros segmentos sociedade. Temos um presidente que, desde que assumiu, provoca todos os dias”, afirmou o parlamentar, em referência a movimentos como o Juntos, que divulgou manifesto no fim de semana em defesa da democracia, reunindo políticos, empresários, produtores, intelectuais e artistas como Lobão e Caetano Veloso.

O manifesto também foi assinado pelo presidente do Cidadania, Roberto Freire, e pelo apresentador Luciano Huck, entre outros. Para Bueno, uma frente ampla é ainda mais necessária tendo em vista o momento grave por que passa o país. “Estamos vivendo uma pandemia e problemas econômicos gravíssimos agravados por uma crise política criada exclusivamente pelo presidente”, apontou.

O parlamentar avaliou que Bolsonaro está usando a posição para se proteger de investigações sobre malfeitos. “O presidente e seus filhos têm muitos problemas, como as rachadinhas e as ligações com milicianos. Ele chegou ao poder e quer blindá-los. Interveio na Polícia Federal. As informações estão sendo publicadas. Ao lado disso, criou o gabinete do ódio para não só difamar, mas também para blindar tudo isso que está sendo processado agora”, disse.

Conforme o Congresso em Foco, os atos pró-fechamento do Legislativo e do Supremo Tribunal Federal articulados por bolsonaristas acenderam o alerta entre os parlamentares, estimulando conversas entre lideranças de partidos como Cidadania, PT, MDB, DEM, PCdoB, entre outros, para a criação de uma frente suprapartidária em defesa da democracia.

Clique abaixo para ler a matéria do Congresso em Foco:

Congresso articula frente democrática contra Bolsonaro

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário