Cidadania lamenta a morte do jornalista Gilberto Dimenstein, aos 63 anos

O presidente nacional do Cidadania, Roberto Freire, divulgou, nesta sexta-feira (29), em seu nome e em nome do partido, nota de pesar pelo falecimento do jornalista Gilberto Dimenstein, vítima de um câncer no pâncreas aos 63 anos.

Leia abaixo:

Nota de pesar

O Cidadania lamenta a morte do jornalista Gilberto Dimenstein, aos 63 anos, vítima de um câncer no pâncreas. Era um homem, como poucos, maior do que sua biografia. Passou por jornais como Correio Braziliense, O Globo e Folha de S.Paulo e pelas Revistas Veja e Visão e nos deixa como legado não os furos e as capas que deu, mas seu vigor em defesa de justiça social e da democracia, algo especialmente importante nestes tempos em que vivemos. Aprendemos a ser mais humanos com sua coragem diante da vida e perseverança para enfrentar a doença, generosamente compartilhadas conosco. Sua voz ativa na vida pública do país fará falta. À família e amigos, nossa solidariedade.

Roberto Freire
Presidente Nacional do Cidadania

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário