Calero: “Ameaça” de Augusto Heleno merece resposta à altura

O deputado federal Marcelo Calero (Cidadania-RJ) reagiu ao alerta emitido pelo General Augusto Heleno, nesta sexta-feira (22), após o Supremo Tribunal Federal (STF) solicitar a apreensão do celular do presidente Jair Bolsonaro, no âmbito da investigação sobre possível interferência na Polícia Federal.

Para o parlamentar, a “ameaça” do ministro do Gabinete de Segurança deve ser enquadrada como crime de responsabilidade e receber resposta à altura. No comunicado, Heleno diz que a apreensão do celular “é uma evidente tentativa de comprometer a harmonia entre os poderes e poderá ter consequências imprevisíveis para a estabilidade nacional”.

“É inadmissível que um Ministro de Estado produza ameaça aos demais poderes da República. Trata-se de crime de responsabilidade, que deve receber resposta à altura por parte de nossas instituições democráticas. A escalada autoritária é mais do que evidente e precisa ser detida”, pontuou Calero.

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário