Senadores do Cidadania lamentam mudança no Ministério da Saúde

A líder do Cidadania no Senado, Eliziane Gama (MA), e o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) se manifestaram pelas redes sociais sobre a demissão do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, pelo presidente Jair Bolsonaro nesta quinta-feira (16). Ele vai ser substituído pelo médico oncologista Nelson Teich.

“O Brasil recebe com temor a demissão do ministro Mandetta. Como médico mostrou apreço pela vida. No ofício de ministro, teve coragem ao não se submeter às loucuras de um presidente que se mostrou tantas vezes irresponsável”, escreveu Eliziane Gama em seu perfil no Twitter.

Ela também se manifestou em relação a Teich dizendo esperar que o novo ministro “mantenha o perfil técnico” de Mandetta na Saúde.

“Critérios econômicos e ideológicos não podem ser maiores que o respeito à vida. As instituições estão atentas e não vão permitir qualquer medida que traga riscos à saúde pública”, afirmou.

Já Alessandro Vieira disse ser “prerrogativa do presidente [demitir Mandetta], mas se lamenta que isso ocorra em meio à maior crise sanitária da história e sem motivação técnica. O substituto, Nelson Teich, tem currículo compatível com o cargo e se espera respeito à ciência”, postou na rede social.

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário