Novo coronavírus: Paula Belmonte chama a atenção para problemas colaterais

Para a parlamentar, dentro de dois dias o País se deparará com os impactos econômicos mais significativos da pandemia (Foto: Robson Gonçalves)

A deputada federal Paula Belmonte (Cidadania-DF) defendeu, em reunião por videoconferência da comissão externa que trata do novo coronavÍrus na Câmara, que o colegiado trate também de questões afetadas pela pandemia.

Segundo a parlamentar, houve aumento da violência no Distrito Federal, com mais casos de violência doméstica. A depressão também tem atingido mais pessoas, argumentou a deputada.

“Faço um apelo para que possamos olhar essa situação com mais critério porque, infelizmente, vamos ter um aumento no número de suicídios, de alcoolismo e da violência generalizada por causa do novo coronavírus”, pontuou Paula Belmonte.

Para a parlamentar, dentro de dois dias o País se deparará com os impactos econômicos mais significativos da pandemia.

“Não temos uma economia como a dos Estados Unidos e a dos países da Europa e uma pessoa não consegue se alimentar com R$ 200 por mês”, afirmou.

A parlamentar está preocupada também com o viés ideológico que, conforme avaliou, deve estar longe da administração da crise. Paula Belmonte pediu a união de esforços para enfrentar os problemas causados pelo novo coronavírus.

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário