Eliziane Gama quer ouvir ex-ministro do TSE sobre fraude eleitoral em 2018

Ex-ministro do TSE é o atual secretário-geral do Aliança pelo Brasil, o novo partido do presidente Bolsonaro que está processo de registro (Foto: Carlos Moura/TSE)

A líder do Cidadania no Senado, Eliziane Gama (MA), protocolou nesta semana requerimento na Comissão de Constituição e Justiça da Casa para ouvir o ex-ministro do TSE (Tribunal Superior Eleitoral ) e atual secretário-geral do partido Aliança pelo Brasil, Admar Gonzaga.

Em palestra nos Estados Unidos na segunda-feira (9), o presidente Jair Bolsonaro disse ter “nas mãos” evidências de que ele deveria ter sido eleito no primeiro turno da eleição de 2018.

Acusações de fraude feitas pelo presidente são gravíssimas, diz senadora (Foto: Marcos Oliveira)

Eliziane quer obter informações sobre o que Gonzaga sabe a respeito das acusações feitas pelo presidente dizendo ter provas de que houve fraude nas últimas eleições presidenciais. Ao comentar as declarações de Bolsonaro, o ex-ministro do TSE afirmou que o presidente “deve” ter provas sobre as denúncias que formulou.

“As acusações feitas pelo presidente são gravíssimas. Caso essas provas existam de fato, colocam em xeque todo o sistema eleitoral brasileiro. Creio que Admar, como ex-ministro do TSE e amigo próximo do presidente, ciente da gravidade das declarações, pode fornecer ao Senado informações relevantes sobre o assunto”, defendeu a parlamentar.

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário