Nova aula do curso Jornada da Cidadania aborda política como vocação

Alunos já tiveram noções sobre finalidade da política, riscos às democracias e comunicação política eficaz (Foto: Reprodução/FAP)

A FAP (Fundação Astrojildo Pereira) disponibilizou nesta quarta-feira (4) nova aula para os alunos do curso de formação política Jornada da Cidadania, oferecido pela instituição por meio de uma plataforma de educação a distância com acesso totalmente online, gratuito e interativo. Nesta semana, os estudantes vão aprender que a política não é monopólio dos políticos nem da burocracia. Para além disso, também existe a política dos cidadãos.

Coordenado pelo professor Marco Aurélio Marrafon, o curso teve início no dia 12 de fevereiro. A premissa da discussão da quarta aula considera os ensinamentos do sociólogo alemão Max Weber, que, na célebre palestra “Política como Vocação”, afirmou haver dois tipos de políticos na democracia, ambos legítimos: os que a veem como bem comum e os que estão na política para fazer negócios. O problema é que todos dizem defender o bem comum, mas não é exatamente isso que acontece. A FAP é vinculada ao Cidadania.

Divisão dos conteúdos

A quarta aula do curso é composta por uma explicação em vídeo do diretor-geral da FAP, o jornalista e colunista político Luiz Carlos Azedo, com duração de 15 minutos. O deputado federal Daniel Coelho (Cidadania-PE) complementa a discussão com uma miniaula cujo assunto é “Por que entrar para a política e a importância da construção partidária”. Cada miniaula tem 3 minutos.

Em seguida, em outra miniaula, o cientista político e cofundador do Movimento Agora!, Leandro Machado, explica porque as redes sociais não bastam para a defesa de uma causa. Já o diretor de audiovisual Paulo Siqueira, por sua vez, dá dicas sobre como potencializar essa área com o youtube.

Para concluir a quarta aula e responder ao questionário e à pesquisa de satisfação na plataforma, os alunos também deverão conferir o podcast “Sem paixão, não há vocação” e ler um trecho do livro Ciência e Política: duas vocações, de Max Weber.

Nas três semanas anteriores, o curso disponibilizou aulas com os seguintes temas: Política pra quê?, as democracias estão em risco e comunicação política eficaz.

Didática do curso

No total, o curso tem 36 horas de duração, distribuídas ao longo de 14 semanas. De acordo com o coordenador, o objetivo é formar e capacitar cidadãos acerca de conteúdos relevantes à política, além de fornecer bases fundamentais para possíveis candidatos que pretendem disputar as eleições municipais deste ano.

O conteúdo programático da Jornada da Cidadania está dividido em cinco pilares: ética e integridade na ação política; comunicação eficaz; fundamentos de teoria política e democracia; comunicação eficaz e casos de sucesso. Sempre às quartas-feiras, a plataforma vai disponibilizar nova aula com novo tema. Dessa forma, o aluno poderá se organizar ao longo da semana para aproveitar todos os conteúdos de cada aula. (Cleomar Almeida/ Assessor de Comunicação da FAP)

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário