Arnaldo Jardim discute privatização da Eletrobras com comitê da bacia do Rio São Francisco

Deputado reuniu-se o presidente do Comitê da Bacia do Rio São Francisco, Anivaldo Miranda, e o representante da Câmara Técnica de Planos e Programas do organismo, George Gurgel (Foto: Reprodução)

O líder do Cidadania na Câmara, deputado federal Arnaldo Jardim (SP), reuniu-se nesta terça-feira (18) com o presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, Anivaldo Miranda, e o representante da Câmara Técnica de Planos e Programas do organismo, George Gurgel.

O assunto foi a privatização da Eletrobras, que deve ser discutida pela Casa ainda neste ano. Miranda explicou que está interessado em conhecer a fundo a questão para que o assunto possa ser avaliado pelo comitê.

“A privatização tem repercussão direta na bacia do São Francisco, sobretudo nas usinas hidrelétricas que ficam no curso do rio, num contexto em que há muitos potenciais de conflito a partir dos múltiplos usos da água”, explicou Anivaldo Miranda.

Segundo ele, é preciso levar em conta, ao longo do debate sobre a passagem das usinas para a iniciativa privada, as especificidades do São Francisco.

“O potencial de geração de energia elétrica já está esgotado”, afirmou.

A situação do rio é delicada e ficará ainda mais difícil com a transposição, lembrou.

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário