Jorge Kajuru pede empenho do Congresso para aumentar a produtividade do País

Senador destaca estudo de pesquisador da FGV segundo o qual a produtividade do trabalhador brasileiro representa um quarto em comparação com o norte-americano e um terço do alemão (Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)

O senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) cobrou empenho do Congresso para mudar uma realidade do mercado de trabalho: a produtividade do trabalhador brasileiro representa um quarto em comparação com o norte-americano e um terço do alemão. 

Em pronunciamento nesta segunda-feira (10), Kajuru citou estudo de Renan Pieri, pesquisador da FGV (Fundação Getúlio Vargas), segundo o qual, para mudar esse cenário, é preciso investir em educação em todos os níveis, incluindo o técnico, e também modernizar as empresas.

O pesquisador apontou ainda, disse Kajuru, a necessidade de aproximar a escola das empresas, para que a formação de estudantes atenda às exigências do mercado. O senador também mencionou observação do economista Celso Pastore, para quem o problema não reside apenas na “baixa qualidade profissional”.

De acordo com o estudioso, os empregos ofertados também são de baixa qualidade, fato que pode ser comprovado com a simples análise do trabalho informal, que abrange 40 milhões de brasileiros.

“E onde entramos [parlamentares] nessa história? Discutindo os grandes problemas do País, como a falta de emprego e a baixa produtividade, inclusive a nossa, apresentando projetos para corrigir as distorções estruturais que se acumulam nesse Brasil, votando leis que abram caminhos para a nação se alinhar entre os países que criam perspectivas para o povo”, disse.

Reunião da Mesa

Jorge Kajuru lembrou ainda que nesta terça-feira (11) a atual Mesa do Senado se reunirá pela primeira vez. Segundo ele, o presidente da casa, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), garantiu que, neste ano, as reuniões da Mesa serão semanais. (Agência Senado)

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário