Vitória (ES) é escolhida para sediar escritório de empresa americana de startup

Cidade governada pelo prefeito Luciano Rezende, do Cidadania, vai abrigar a empresa Lumahealth, startup americana do ramo de saúde do Vale do Silício (Foto: Reprodução)

Qualidade de vida, segurança, profissionais qualificados, cidade compacta e inteligente, além do excelente ambiente de negócios. Todos esses fatores foram decisivos para que a empresa Lumahealth, startup do ramo de saúde do Vale do Silício, na Califórnia (EUA) escolhesse Vitória (ES), cidade governada pelo prefeito Luciano Rezende (Cidadania) como sede para expansão de negócios no Brasil.

Segundo o diretor de engenharia da Lumahealth, Marcelo Oliveira, desde março do ano passado a empresa percorreu diversas cidades do País como São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Rio Grande do Sul, Belo Horizonte, Recife, entre outras, mas encontrou em Vitória todos os requisitos buscados e valorizados pela cultura da empresa. A empresa abriu escritório na Enseada do Suá em junho de 2019 e atualmente conta com 25 funcionários, entre engenheiros de software e profissionais de suporte.

“Visitamos vários Estados e quando estivemos em Vitória ficou evidente que a cidade era a que apresentava o cenário ideal para nossa expansão no Brasil. A excelente qualidade de vida, a proximidade com o aeroporto e a facilidade de mobilidade urbana, além do polo tecnológico do Ifes e da Ufes, com estudantes e profissionais da área de tecnologia e inovação altamente qualificados, foram atrativos que pesaram muito para a escolha da cidade”, revelou.

Segundo Oliveira, o próximo passo será a busca por parceiros para a implementação do projeto piloto do serviço que já é realizado nos EUA há cinco anos, que é conectar pacientes a médicos de maneira mais dinâmica e melhorar a qualidade e eficiência no atendimento. Ele explica que ao longo desses anos, o aprimoramento do software da Luna possibilitou um acompanhamento completo da jornada do paciente, desde o agendamento até a conclusão do tratamento.

“No momento estamos em fase de captação de parceiros. Iniciamos o contato com alguns hospitais e clínicas médicas de Vitória e muitos têm demonstrado interesse em participar desse projeto piloto no país. O serviço é um sucesso nos EUA e já ajudou a conectar mais de 9 milhões de pessoas, sendo responsável pelo agendamento de 120 mil consultas diárias e por contribuir para encurtar o caminho entre o médico e o paciente”, explica.

Ambiente empreendedor

O direitor-presidente da CDV (Companhia de Desenvolvimento, Inovação e Turismo de Vitória), Leonardo Krohling, destaca que o ambiente empreendedor, somado à qualidade de vida que as pessoas podem ao morar na capital, tem chamado a atenção de investidores do Brasil e do mundo.

“Estamos muito satisfeitos por Vitória ter sido escolhida para sediar o escritório de uma empresa internacional que planeja sua expansão no Brasil, entre tantas outras cidades visitadas. A capital está se tornando um polo de inovação de destaque no país, com uma mão de obra altamente qualificada e que precisamos continuar desenvolvendo. Temos escolas para isso, como o Ifes, e as políticas da Prefeitura de Vitória de incentivo aos empreendedores e à inovação, além do oferecimento de incentivos fiscais de ISS para algumas regiões”, disse. (Assessoria Prefeitura de Vitória)

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário