Cidadania defende imediata demissão do secretário especial de Cultura do governo Bolsonaro

Para o partido, as declarações de Roberto Alvim “sāo um acinte à nossa história” (Foto: Reprodução/Secretaria Especial de Cultura)

Em nota pública (veja abaixo), o presidente do Cidadania, Roberto Freire, defende a imediata demissão do secretário especial da Cultura do governo do presidente Jair Bolsonaro, Roberto Alvim.

Roberto Freire pede demissão de Roberto Alvin, Secretário Nacional de Cultura do Governo Bolsonaro

Ele fez um discurso, divulgado nesta quinta-feira (16), semelhante ao do ministro de Adolf Hitler da Propaganda da Alemanha Nazista, Joseph Goebbels, antissemita radical e um dos idealizadores do nazismo. (veja abaixo)

Assim como Goebbels havia afirmado em meados do século XX que a “arte alemã da próxima década será heroica” e “imperativa”, Alvim afirmou que a “arte brasileira da próxima década será heroica” e “imperativa”

Para o partido, as declarações do secretário de Cultura “sāo um acinte à nossa história” e que “o mínimo que se espera é a sua imediata demissāo”, diz a nota.

“DEMISSÃO JÁ!

O País esta diante de um ultrajante festival de horror. Esse é o cenário que caracteriza o governo Bolsonaro, sobretudo na área da cultura.

As declarações do secretário Roberto Alvim a favor de uma cultura “heroica” e “imperativa”, plagiando e dando vida a conceitos do chefe de propaganda hitlerista, o nazista Goebbels, sāo um acinte à nossa história, aos dons criativos dos brasileiros, uma atitude que nos constrange e envergonha o país no concerto internacional das nações.

Ora, contra esse tipo de conceito a pátria e nossos soldados lutaram na Segunda Guerra Mundial e muitos deles morreram em defesa da liberdade. A chamada arte imperativa nada mais é do que a imposiçāo de inteligências medíocres, muito ao gosto de ditadores e órfãos das ditaduras..

O mínimo que se espera em relação às declarações do secretário é a sua imediata demissāo.

Roberto Freire
Presidente Nacional do Cidadania23″

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário