Da Vitória destaca a adoção de energia renovável pelo governo do Espírito Santo

Em reunião na Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados que debateu nesta terça-feira (10) políticas públicas para incentivar a adoção de energia renovável, o deputado federal Da Vitória (ES), vice-líder o Cidadania na Casa, destacou o protagonismo do governo do Espírito Santo na adoção de energia renovável nos órgãos públicos.

De acordo com o coordenador da bancada capixaba, já foram instalados equipamentos para captação de energia solar no prédio da Secretaria de Educação e brevemente o programa do governo será levado aos órgãos de Segurança Pública, como a Polícia Militar, hospitais públicos e filantrópicos.

“As boas iniciativas que vêm sendo implantadas no meu estado, que é a substituição da energia dos prédios públicos através da construção de miniusinas solares, já começam a render bons frutos, que é a redução despesas do governo Renato Casagrande (PSB-ES) com o pagamento de energia elétrica”, informou.

Ele defendeu que a experiência do Espírito Santo seja adotada em outros estados.

A declaração do deputado do Cidadania ocorreu após a exposição do diretor de Regulação de Gás Natural e Energia da Agência Reguladora de Serviços Públicos (ARSP) do Espírito Santo, Cláudio Roberto Saade.

“Litro de Luz”

O deputado elogiou o Projeto “Litro de Luz”, que está levando iluminação às localidades do país que não têm abastecimento de energia. A organização não governamental desenvolveu um poste e um lampião de luz, que são abastecidos a partir de energia solar e criado a partir de canos de PVC, lâmpadas LED e garrafas PET.

Aneel

Na reunião, o deputado Da Vitória voltou a defender que o debate em torno da tarifação de energia distribuída seja aprofundado pela Comissão de Minas e Energia. Ele manifestou ao representante da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), Christiano Vieira da Silva, preocupação quanto o risco de os consumidores que não têm acesso a esse tipo de energia, sobretudo os de baixa renda, terem de pagar pela tarifa.

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário