Antônio Furlan quer geração de empregos e melhorias na educação e saúde de Macapá

O deputado estadual de Amapá e pré-candidato à prefeitura da capital, Macapá, Antônio Furlan, afirmou que pretende contribuir com a sociedade oferecendo melhorias na educação, saúde e emprego. Ele destacou que, após o terceiro mandato de deputado, possui a missão de contribuir com a capital do estado.

“Os problemas das pessoas estão dentro das cidades. É dentro das cidades que se resolve as coisas do cotidiano e da vida. Agora no terceiro mandato estadual [como deputado] me sinto como se houvesse uma missão de dar um pouco mais pela nossa capital”, disse.

Ele destacou que Macapá funciona como uma “cidade estado”, já que 60 a 80% da população mora na capital.

“Macapá é como se fosse uma cidade estado. A nossa bandeira para a cidade é clara. Macapá precisa de um plano emergencial de saneamento básico. Na educação também precisamos trabalhar duro, pois os jovens entre 15 a 29 anos nem estudam ou trabalham. Além disso, precisamos tratar da geração de emprego, já que temos hoje a segunda maior taxa de desemprego do País”, defendeu.

Antônio Furlan destacou que o Cidadania pode dar uma forte contribuição para o desenvolvimento da capital.

“O Cidadania é um partido que nos deixa muito a vontade e nos prepara com a economia criativa. Cidades inteligentes. O turismo como provedor da economia. Um novo partido no Brasil e que tem tudo para nos ajudar a melhorar a vida das pessoas da nossa cidade”, afirmou.

Perfil

Antônio Paulo de Oliveira Furlan tem 46 anos de idade, é casado, médico atuante, responsável pela implantação da cirurgia cardíaca ao Amapá. No ano passado, disputou a reeleição a deputado estadual no Amapá pelo PTB (Partido Trabalhista Brasileiro), obteve 7.512 votos totalizados (1,97% dos votos válidos) e foi o terceiro mais votado no 1º turno das Eleições 2018, habilitando-se ao terceiro mandato consecutivo.

Na Assembleia Legislativa, além de líder do Governo do Estado, É Presidente da Comissão de Indústria, Comércio, Minas e Energia. Membro da Comissão da Saúde, de Direitos da Pessoa Humana e da Administração Pública.

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário