Será que o mundo avançou desde o Nobel da Paz recebido por Barack Obama há 10 anos?

Neste momento de ódio, intolerância e radicalização das opiniões nas redes sociais, ao mesmo tempo em que a jovem ativista sueca Greta Thunberg e o líder indígena brasileiro Raoni Metuktire são cotados ao Prêmio Nobel da Paz (e atacados com virulência por opositores), vale o registro de dez anos atrás: um marco contra o preconceito.

Em 2009, Barack Obama, então recém eleito presidente dos Estados Unidos da América, era distinguido com o Nobel da Paz devido aos “esforços para reforçar o papel da diplomacia internacional e a cooperação entre os povos”. Era o primeiro ano de governo do primeiro negro presidente dos EUA. Um episódio histórico.

Quais os desdobramentos destas conquistas? Será que mundo avançou nessa última década em termos de paz, civilidade, liberdade, igualdade, fraternidade, justiça e democracia? A julgar pelo que assistimos com presidentes como Donald Trump e Jair Bolsonaro a conclusão triste e óbvia é que estamos regredindo. (#Suprapartidário)

 

Leia também

Cidadania define critérios de distribuição do fundo eleitoral

A Executiva Nacional do Cidadania definiu neste sábado os...

Nota de repúdio – Não ao PL que criminaliza as vítimas de estupro

A Secretaria Nacional de Mulheres do Cidadania - M23...

M23 de Minas gerais realiza encontro neste sábado

O M23 Cidadania de Minas Gerais realiza neste sábado...

Valdemar é o artífice da aliança com Lira e Pacheco

Quando se olha para o tabuleiro político, o que se vê é a forma eficiente como os aliados do ex-presidente Bolsonaro operam posições estratégicas no Congresso.

IMPRENSA HOJE

Veja as manchetes dos principais jornais hoje (14/06/2024)

Informativo

Receba as notícias do Cidadania no seu celular!